Soja começa a se recuperar e encerra com preços firmes na Bolsa de Chicago

Publicado em 22/11/2010 15:02 e atualizado em 22/11/2010 17:36 838 exibições
A espera de preços mais altos na Bolsa de Chicago, os produtores estão segurando suas vendas de soja e essa movimentação está deu suporte aos preços na sessão desta segunda-feira. "A soja não está saindo das mãos dos produtores imadiatamente", afirmou um representante da corretora FC Stone.  A soja encerrou o pregão diurno com alta de mais de 19 pontos para alguns vencimentos.

Entre o final de outubro e o início de novembro, a soja atingiu a máxima em 26 meses sustentada, principalmente, pela forte e crescente demanda da China. Entretanto,as cotações já caíram 10% desde então por conta de um possível ajuste econômico na nação asiática.

Mesmo diante disso, alguns analistas afirmaram que os chineses não deixarão de comprar e que as importações continuaram aumentando - tanto pela demanda quanto para uma colaboração para manter a estabilidade dos preços dos alimentos no país.

Embarques norte-americanos abaixo das expectativas

Segundo o relatório de inspeções de exportações divulgado pela USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), os embarques norte-americanos de soja ficaram em 1163,8 mil toneladas na semana que se encerrou no último dia 18.  

As expectativas do mercado, no entanto, variavam entre 1360,8 mil a 1633,0 mil toneladas.  

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário