Argentina: Estimativa é de recuo na produção de soja e milho

Publicado em 16/02/2011 14:42 e atualizado em 16/02/2011 15:24 1404 exibições
A produção de milho e soja da Argentina deve ser bastante reduzida este ano apesar da melhora das estimativas das últimas semanas. Já a safra de trigo deve ser maior do que há um ano. As informações foram dadas por um alto executivo da indústria nesta quarta-feira.

"A situação do milho e da soja não é tão ruim quanto há um mês por conta das chuvas e das baixas temperaturas dos últimos dias", disse Freddy Pranteda, diretor do comércio de grãos da Cosur SA. Pranteda disse ainda que a menor evaporação da água das plantações salvou milhões de toneladas de grãos da safra da Argentina.

A produção de milho deve chegar a 19,5 milhões de toneladas este ano frente as 22 milhões do ano passado, estimou o diretor. Para a soja, espera-se algo entre 48 e 49 milhões de toneladas enquanto no ano passado, a produção  em 2010 foi de 55 milhões de toneladas.

Os participantes do mercado se mostravam muito preocupados frente a uma possível redução da safra de milho para 14 milhões de toneladas e a de soja para 44 milhões de toneladas por conta da severa estiagem que atingiu o país.

Essa redução estimada para a safra também deverá refletir em um recuo das exportações do cereal para algo entre 11 e 12 milhões de toneladas frente às 16 milhões exportadas no ano passado. As vendas da oleaginosa também podem ser comprometidas, recuando de 12 milhões para um volume de 9 a 10 milhões de toneladas.

Até agora, a Argentina já vendeu cerca de 6,5 milhões de toneladas de soja para a China no período de abril a julho do ano passado.

Trigo - Pranteda afirmou que a estimativa é de que a produção de trigo salte para 15 milhões de toneladas em relação as 8,5 milhões de toneladas estimadas anteriormente por conta da produtividade excepcional que está sendo registrada em algumas regiões.

O executivo disse ainda que em determinados locais o rendimento do grão tem sido o dobro do último ciclo, somando 7 toneladas por hectare. No entanto, o alerta é para uma redução de aproximadamente 1,5% no teor proteico.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

2 comentários

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Prezado Leandro de Quilombo, SC: Aqui no Brasil Central, é comum o Trigo BOM render acima de 100 sc/ha ou seja 6.000 kg/ha. Esta produtividade argentina, também não sei se é a média do país, porém lá tem muitos hectares onde são colhidos mais de 7.000 kg por hectare. Ah!, um (1,0) acre são aproximadamente 4.047 m2. Ali em Santa Catarina, municipio chamado de Agronômica colhe-se 12.000 kg de arroz irrigado, por hectare. Aqui no Brasil Central tem muita gente colhendo mais de 12.000 kg de milho por hectare, sem irrigação. Como se vê, nossos níveis de produtividade andam melhorando...

    0
  • Leandro Bordignon Quilombo - SC

    Me desculpe ,mas acho impossivel essa produção de trigo, 7 toneladas por hectares. Talvez não seria acres em vez de hectares? Creio que houve um equivoco nessa materia pois nunca vi e nem ouvi ninguem dizer que colheu essa quantidade trigo em um hectare.

    0