Soja recua quase 40 pts depois de feriado nos EUA

Publicado em 22/02/2011 11:14 e atualizado em 22/02/2011 14:48 1191 exibições
Os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago voltaram a registrar fortes baixas nesta terça-feira, após o feriado nesta segunda-feira nos EUA em comemoração ao Dia do Presidente. A oleaginosa fechou a sessão noturna com mais de 14 pontos de baixa e as perdas se estendem para o pregão diurno. Por volta das 13h35 (horário de Brasília), os principais vencimentos já perdiam quase 30 pontos.

O sentimento de aversão ao risco aumentou com a crise política nos países do Oriente Médio e Norte Africano e pesou sobre as commodities na sessão de hoje.

Segundo alguns analistas, as cotações ainda sentem também a pressão de chuvas na Argentina contribuindo para as lavouras e da possível volta da safra às 50 milhões de toneladas.

A briga por área nos Estados Unidos deve ganhar mais expressão no mercado depois da divulgação dos primeiros números pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

O trigo e o milho também fecharam o pregão noturno recuando frente a um movimento de realização de lucros.  Notícias de que os altos preços pelos próximos dois anos possam desencorajar a demanda.  Assim como a soja, os dois grãos também aumentaram o recuo e por volta das 13h40, e já perdiam mais de 25 e mais de 30 pontos, respectivamente

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Vilson Ambrozi Chapadinha - MA

    A noticia de que a china iria retirar o imposto de importação da soja,faz o soja subir na quinta,e a noticia de que não vai retirar faz cair na sexta.O caso é de que não é de praxe os chineses contar o que vão fazer.então,qual foi seu objetivo? a primeira,foi para que os preços internos caissem,(os agricultores chinses vendem a soja na quase 20,00 dolares o bucchell)é o medo da inflação. o segundo um dia após,fez cair os externos.Até quando vai funcionar isto,sem cair a demandaé o que vamos ver.

    0