Índios impedem a colheita da soja em municípios do noroeste do Mato Grosso

Publicado em 24/02/2011 11:24 1279 exibições
Os sojicultores dos municípios de Campos de Júlio e Nova Lacerda, no noroeste do Mato Grosso estão frente a dificuldades para relizarem sua colheita nas propriedades demarcadas para homologação da terra indígena Uirapuru.

Segundo Rogério Romanini, diretor de Relações Institucionais da Famato, os índios querem impedir a colheita da soja em 6 mil hectares, sendo 4 mil de uma mesma propriedade. No entanto, Romanini diz ainda que os produtores estão propondo um acordo com os indígenas para que a colheita seja feita, uma vez que a homologação ainda não foi concluída.

De acordo com a federação, a área estabelecida pela Funai teve um acréscimo para 21.680 hectares, sendo 50% do total, há mais de trinta anos, ocupados por doze propriedades rurais.

"Tem vários processos no Tribunal Regional Federal, recursos dos produtores, aguardando julgamento. Queremos que a Funai converse com os índios para que eles entendam que precisam aguardar os julgamentos e deixem a gente colher até que essa questão judicial seja concluída", disse o produtor e dono de uma fazenda em Campos de Júlio, Evandro Cesar Padovani.

O diretor da Famato disse ainda que deve propor uma reunião entre o Ministério da Justiça e a Funai com o objetivo de buscar uma solução isenta de conflitos para ambos os lados. Os produtores questionam a demarcação, mas o representante da Funai em Cuiabá, Carlos Márcio Vieira Barros, desconhece a ilegalidade do processo e acrescenta que a área já foi homologada, faltando apenas indenizar as benfeitorias.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

3 comentários

  • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

    Sr. João Olivi, os "antropólogos" da FUNAI, sempre se baseiam nos "vestígios" encontrados para decidir sobre a "POSSE" da área pelas comunidades indígenas. Nas escavações, para as expansões das linhas do metro em SP, se descobrirem vestígios de presença indígena , assim...... na área da AVENIDA PAULISTA , "eles" devolveriam a área aos "antigos donos ??" ......" E VAMOS EM FRENTE ! ! ! " .......

    0
  • LEANDRO M GRANELLA [email protected] - RS

    Posse de 30 anos e 4 famílias é pouco para a FUNAI e suas ONGANGUES aliadas. Por aqui em Getúlio Vargas eles querem demarcar uma área correspondente a 18% do Território do município com 300 famílias acupadas a mais de 100 anos !!!!!

    0
  • Eduardo Barsella Presidente Dutra - MA

    Nos fas lembrar do acontecido na raposa serra do sol. Vamos ver se dessa ves os indios ao menos não chamam o MST para tentar oque nem um dos dois sabe faser; PRODUZIR.

    0