USDA aumenta projeção para área de soja, milho e algodão na safra 11/12

Publicado em 24/02/2011 12:43 e atualizado em 24/02/2011 18:49 2123 exibições
O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou nesta quinta-feira (24), durante o Fórum Agrícola que acontece nos EUA um aumento para as áreas de soja, milho e algodão na safra 2011/12.

Para a oleaginosa, o aumento foi de 0,77% e uma estimativa de 31,57 milhões de hectares (78 milhões de acres). Já para o cereal, alta de 4,3%, e 37,23 milhões de hectares (92 milhões de acres).  A área prevista para o milho veio ligeiramente acima do esperado pelo mercado. 
O acréscimo mais expressivo aconteceu para o algodão - 16,2%. A área prevista é de 5,16 milhões de hectares (12,75 milhões de acres). Já a área do trigo deve registrar uma alta de 6,3%, alcançando os 23,07 milhões de hectares. 

As áreas de plantio previstas pelo USDA para as principais culturas são as maiores desde 1998 e devem somar 103,2 milhões de hectares na sara 2011/12.

Sobre a produção, o USDA estima 348,76 milhões de toneladas de milho, um avanço de 10,3% em relação à safra passada. Já a produção de soja deve ter um incremento de 0,48%, registrando a marca de 91,04 milhões de toneladas. A expectativa para o algodão é de 4,25 milhões de toneladas - aumento de 6,44% - e para o trigo é de 56,61  milhões de toneladas - safra 5,8% maior. 

O departamento também divulgou estimativas para os estoques finais. Para a soja, os números apontam 4,35 milhões de toneladas para a temporada 11/12, uma das menores estimativas da história do Fórum Agrícola. Para o milho, a expectativa é de 21,97 milhões de toneladas. 

Apesar do aumento da área de produção, as estimativas divulgadas pelo USDA apontam para uma continuidade de reservas bastante ajustadas nos Estados Unidos.

Segundo o analista de mercado Ricardo Lorenzet, da XP Investimentos, os números não trouxeram grandes novidades, mas mesmo assim confirmam uma expectativa macro positiva para o mercado agrícola, influenciada, principalmente, pela fraqueza dos estoques. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

5 comentários

  • Alcindo Pastore Palotina - PR

    então, quem escreveu a noticia é que usou o termo relatorio do USDA,quem sabe a Carla Mendes,que aparece no final da reportagem possa lhes informar melhor onde conseguiu tal noticia, ou a fonte que usou.

    eu não sou jornalista, apenas comentei a noticia e não acredito que isso seja possivel de acontecer, pois não existe area fisica para isso, a menos que os eua liberem as areas de reservas ou chamadas areas de recuperação , essa fofoca de ter surgido no forum mundial da agricultura, que sim foi organizado pelo USDA, tbm conforme noticiou o noticias agricolas.

    e de todos os interesses o maior talvez seja criar um certo pänico momentaneo no mercado, que na pressão de colheita faz cumprir os contratos de opção, que foram negociados a 14U$, pois se o valor de mercado ficar acima nesse momento, o produtor optaria por perder o premio, ficando pior para os que precisam de soja no curto prazo. desse modo, os produtores cumprem os contratos e depois de agosto, com o fisico na mão até eu que só tenho 100 ha, e sou um mero produtor , acredito que as cotações ficarão acima disso, pois os chineses não são de fazer greve de fome e com certeza virão a America do sul buscar a soja do brasil.

    abraço a todos!

    0
  • Ricardo Seghetto Passo Fundo - RS

    Estamos no aguarda de uma resposta....

    Obrigado.

    0
  • Daniel Maia São Paulo - SP

    Ola amigos do Notícias Agricolas! Onde eu consigo a fonte original desta projeção? No site do USDA eu não encontrei tais dados.

    Muito obriagado

    0
  • David Navarro Uberlândia - MG

    Pois é ALCINDO, essas ONGS trazem em suas FILOSOFIAS, os mesmos conceitos que E.U.A. em relação as ditaduras no oriente médio, enquanto for benéfico para os E.U.A. é bom, temos que apoiar mas, se for ruim para o MUNDO, que se danem os outros, ou melhor o MUNDO.

    0
  • Alcindo Pastore Palotina - PR

    Caros colegas internautas!

    essa noticia do forum axpandindoa area de soja, algodão e outras culturas nos EUA é de fazer piada, enquanto as ongs fazem baderna no brasil, tentando impor o plantio de reservas, no pais delas os cultivos avançam até sobre as cidades, pois sabemos que não haveria possibilidade de aumento de area plantada nos eua , pois essa area simplesmente não existe no espaço territorial desse pais!

    0