Soja em alta na CBOT com as dificuldades de colheita no Brasil

Publicado em 10/03/2011 17:13 e atualizado em 10/03/2011 18:09 1089 exibições
Os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago encerraram em alta nesta quinta-feira. Os preços operaram boa parte do pregão com altas de dois dígitos e terminaram subindo cerca de 6,50 pontos nos principais vencimentos.

Segundo o analista de mercado Ricardo Lorenzet, da XP Investimentos, a alta de hoje ocorreu por uma combinação de fatores. A soja conseguiu recuperar-se com compras técnicas "depois de o mercado reverter sobre suportes importantes e uma maior participação comercial", explica.

Lorenzet diz ainda que, na prática, o atraso dos embarques no Brasil também oferece sustentação aos preços. Além disso, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) anunciou a venda de 116 mil toneladas da oleaginosa para destinos não revelados - safra 2010/11, o que aumentou o temor com relação aos embarques no Brasil e deu sustentação aos preços.

Hoje, o USDA reportou ainda suas estimativas para março em seu relatório mensal de oferta e demanda sem novidades, com números em linha com os divulgados em fevereiro. "Com o quadro já precificado, os players vendidos optaram por zerar suas posições diante desse quadro técnico e fundamental", enfatiza Lorenzet.

O que limitou ligeiramente o avanço das cotações foram fatores externos, como a alta do dólar e os traders tentando manter o mercado estável.

>> Veja como ficaram as cotações da SOJA

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário