Grãos encerram em baixa na CBOT com terremoto no Japão

Publicado em 11/03/2011 16:01 e atualizado em 12/03/2011 17:30 1301 exibições
Os futuros dos grãos negociados na Bolsa de Chicago encerraram com forte queda nesta sexta-feira. O recuo foi consequência do terremoto que atingiu o Japão - o pior da história do país. Há especulações de que o desastre na nação asiática possa causar um desaquecimento dos  investimentos em matérias-primas e também no crescimento global. O Japão é maior importador de milho dos Estados Unidos e o terceiro maior comprador de soja.

O Banco do Japão se comprometeu a garantir a estabilidade financeira do país. O terremoto, de 8,9 graus na escala Richter, provocou um tsunami de 10 metros de altura que desvastou cidades e  áreas agrícolas no norte e nordeste do país e pressionou expressivamente os grãos .

"As incertezas sobre a economia global incentiva os traders a reduzirem sua exposição ao risco e liquidar posições. Mas, ainda é cedo para dizer qual será o impacto sobre a economia global ou sobre a demanda de grãos", disse Jim Gerlach, presidente da A/C Trading. de Indiana (EUA).

Segundo Nobuyuki Chino, presidente da sede de Tóquio da Unipac Grain, o terremoto no Japão poder resultar em um dano significativo na produção nacional de alimentos.

>> Veja como ficaram as cotações da SOJA

>> Veja como ficaram as cotações da MILHO

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Vilson Ambrozi Chapadinha - MA

    Depois deste teremoto no mercado ,podem apostar que virá um TSUNAMI,´so que de alta.Para os proximos 6 meses somos praticamente os úncos fornecedores de soja em grão,Os irmanos se chover,vão mandar 8 a 10 mi ton.i .O comercio mundial movimenta 8 milhões ton por mês,é so fazer as contas. Deixa-se 2 para a Argentina e outros, e vamos precisar mandar uns 6 por mês.Quem disse que os gringos não terão soja pra exportar nos proximos 6 meses foi ,gente da ABIOVE (Sr Trigueirinho).e podem crer È VERDADE.O problema? as chuvas. Talvez não teremos qualidade de grão.e ai? TSUNAMI

    0