Mercado financeiro se acalma e grãos continuam subindo

Publicado em 18/03/2011 11:09 e atualizado em 18/03/2011 15:19 1317 exibições
A melhora do humor no mercado financeiro uma semana depois do terremoto e do tsunami que atingiram o Japão continua contribuindo  para a alta dos grãos em Chicago. Lado a lado, os fundamentos também ajudam com a sustentação no mercado.

As notícias do controle do vazamento de radiação na usina de Fukushima e da decisão dos bancos centrais dos EUA, Inglaterra e União Europeia de evitar uma valorização do iene acalmaram o mercado e isso acabou repercutindo na alta das commodities.

A soja encerrou o pregão noturno com quase 15 pontos de alta, tentando consolidar-se novamente acima dos US$ 13 por bushel. O trigo seguiu para o segundo dia onde registrou as maiores altas em 10 meses na Bolsa de Chicago e o milho fechou avançando mais de 30 pontos, com seu limite de alta estendido para 45 pontos. Os ganhos foram estendidos para a sessão diurna.

Entre os fundamentos, a demanda tem sido bastante importante para esse momento de recuperação das cotações. Com o recuo do mercado no início da semana, os consumidores voltaram às compras e ajudaram os grãos a subir.

Nesta quinta-feira, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Undidos) divulgou seu relatório de registro de exportações semanais, reportando as vendas da soja dentro do esperado e as de milho e trigo superando as expectativas médias do mercado, confirmando a continuidad de uma demanda bastante aquecida.

Atenção - Apesar das boas notícias vindas do Japão, a situação do Oriente Médio ainda preocupa no cenário mundial e exige atenção. Há ainda alguns pontos de tensão no país por conta da guerra civil que poderiam aumentar a aversão ao risco por parte dos investidores. 

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário