Soja: Em dia de volatilidade e ausência de novidades, mercado opera em alta

Publicado em 15/04/2011 13:21 674 exibições
A sexta-feira está sendo marcada pela forte volatilidade no mercado de grãos em Chicago. O clima nos Estados Unidos,  a entrada da América do Sul, os fundamentos de oferta e demanda e fatores externos vêm influenciando as cotações. A ausência de notícias frescas que pudessem estimular ou pesar sobre alimenta essa falta de direcionamento do mercado.

Os futuros da soja, por volta das 13h (horário de Brasília), operavam no terreno misto. A pressão, novamente, vem da entrada da safra da América do Sul e também de preocupações com a demanda por parte da China.

Na nação asiática, o governo já estuda novas medidas para conter a alta dos alimentos, o que poderia sinalizar novos cancelamentos de soja por parte dos chineses.

Porém, hoje o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) anunciou a venda de 165 mil toneladas de soja da safra 11/12 para a China.

Além disso, ainda pode ser notado um movimento dos spreads de soja zerando. "Por isso este maior suporte aos vencimentos curtos", explica o analista de mercado Ricardo Lorenzet, da Xp Investimentos.  

No caso do milho, a pressão vem da preocupação de que preços já estariam acima dos preços do trigo, o que poderia provocarum deslocamento da demanda. Diante disso, os preços

Já o trigo, que encerrou o pregão noturno com baixas de dois dígitos pelo quinto dia consecutivo, ensaia uma recuperação e opera em alta na sessão diurna desta sexta-feira.

"Não há muitas novidades, só o mercado se ajustando".

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário