Soja: Depois do USDA, mercado fecha a quarta-feira com leve recuo

Publicado em 11/05/2011 16:06 e atualizado em 11/05/2011 19:17 681 exibições
Os futuros da soja e do milho negociados na Bolsa de Chicago encerraram o dia em queda nesta quarta-feira. Os preços começaram a recuar mais expressivamente na sessão diurna - com o milho trabalhando no limite de baixa - depois da divulgação dos dados divulgados pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) na manhã de hoje.

O departamento reportou um aumento nos estoques finais norte-americanos de soja e de milho. Além disso, os volumes ficaram ainda acima das expectativas do mercado.

A soja, porém, surpreendeu. Esperava-se uma queda bem maior para as cotações da oleaginosa, porém, o cenário já começou a sinalizar que a situação não é tão tranquila para a soja como se esperava. "Portanto, há espaço para realizações, mas o mercado ainda evidencia uma certa cautela em uma visão mais a longo prazo", explica Ricardo Lorenzet, especialista em mercado de grãos da XP Investimentos.

A percepção é de que na safra 2011/12 a oferta de soja deve continuar apertada, o que deve continuar oferecendo sustentação aos preços e acabou limitando as perdas na sessão de hoje. Apesar das informações baixistas, o vencimento março/12 fechou com apenas 2,50 pontos de queda. "O mercado mostrou que não está tão confortável com o cenário, pelo menos por enquanto".

Além disso, as importações da China no ciclo 2011/12 foram calculadas em 58 milhões de toneladas, volume maior do que o previsto para as compras desta temporada. Esse deve ser mais um fator de suporte para os preços.

Veja como ficaram as cotações no fechamento da Bolsa de Chicago:

>> SOJA

>> MILHO

>> TRIGO
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário