Às vésperas do USDA, soja e trigo fecham em alta, milho no misto

Publicado em 29/06/2011 17:00 761 exibições
Depois de registrar altas de quase 20 pontos na abertura do pregão diurno desta quarta-feira, os futuros da soja devolveram parte dos ganhos, operaram um tempo em campo misto, mas conseguiram manter o fôlego e fecharam o dia com uma leve alta.

O impulso para as cotações veio das novidades positivas vindas da macroeconomia depois que a Grécia aprovou um plano de austeridade fiscal que tem como objetivo livrar o país da inadimplência.

Essa tranquilidade que chegou permitindo a recuperação dos mercados incentivou os traders a voltarem aos negócios e investirem novamente em ativos de risco, como as commodities agrícolas. Isso acabou incentivando o avanço dos grãos na CBOT.

Entretanto, as expectativas para o relatório de estoques trimestrais e área plantada que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulga amanhã acabou limitando as altas da soja e fazendo com que o milho terminasse o dia em terreno misto, sem direção definida, e o trigo próximo da estabilidade depois das fortes altas.

O mercado aposta em um expressivo declínio nos  estoques trimestrais de cereais - trigo e milho -  nos EUA em 1º de julho bem como em um aumento nas reservas de soja.

Com relação à área plantada, a expectativa da agência Dow Jones é de um aumento de cerca de 2,9% em relação a safra 2010/11. Sobre a soja, espera-se um recuo de 1,2% se comparada à temporada passada. No caso do trigo, a Dow Jones aposta em uma alta de 5,6% na área total de trigo em relação ao 21,69 milhões de hectares plantados no ciclo 2010/11.

Confira como ficaram as cotações no fechamento da Bolsa de Chicago:

>> SOJA

>> MILHO

>> TRIGO

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário