Grãos sentem pressão dos mercados externos e fecham em baixa na CBOT

Publicado em 12/09/2011 10:03 522 exibições
O complexo de grãos encerrou o pregão noturno desta segunda-feira em Chicago com pequenas quedas em seus principais contratos futuros.

A soja operou no azul da tabela durante a madrugada à espera do relatório de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) que sai hoje. A previsão de que geadas devem atingir entre hoje e amanhã a porção norte do Corn Belt também sustentaram os preços.

No entanto, os preços da oleaginosa não resistiram às más notícias da economia na Zona do Euro. As dívidas no bloco voltaram a preocupar os investidores nesta segunda-feira e derrubaram as bolsas asiáticas e europeias. Rumores nos mercados externos apontam uma moratória dos débitos da Grécia e a possibilidade do país deixar o euro e voltar a utilizar o dracma, sua antiga moeda.

As cotações do milho também fecharam com perdas com o nervosismo mundial, perdendo até 7 pontos nos contratos mais importantes. O trigo, caiu 4 pontos no vencimento dezembro/11. Há dias, os preços do grão sentem a pressão de especulações sobre a oferta global.

Tags:
Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário