Liquidação de fundos: Soja fecha com mais de 20 pts de baixa

Publicado em 19/10/2011 16:33 562 exibições
A soja amargou mais um dia de severas baixas na Bolsa de Chicago.  A pressão agora não vem só das incertezas que assolam o mercado financeiro, mas também da boa evolução do plantio da oleaginosa no Brasil.

O clima favorece o plantio não só no país, mas em toda a América do Sul e isso já começa a pesar sobre o mercado. Nos últimos dias, as chuvas chegaram ao Sul e parte do Centro-Oeste do Brasil e contribuíram para esse bom desempenho do processo.

Um levantamento feito pela AgRural mostrou que, com essas condições climáticas favoráveis, até a última sexta-feira (14), o plantio da soja já havia sido concluído em 15% da área brasileira. No ano passado, a semeadura estava atrasada e somava apenas 2% nessa mesma época. O índice registrado em 2011 também é menor do que a média dos últimos cinco anos - 7%.

Além disso, de acordo com analistas, o mercado também deu continuidade ao movimento de realização de lucros que começou no início da semana. Desde segunda-feira, os vencimentos mais curtos já acumulam uma baixa de 2,5% ante os 10% de alta registrados na semana anterior. Tivemos, portanto, mais uma dia negativo, de liquidação de posições para quase todas as commodities agrícolas.

As oscilações e incertezas pelas quais passam o  mercado financeiro, principalmente sobre a espera e expectativa pelo resgate para os países da Zona do Euro que enfrentam uma séria crise, também continuam pesando sobre os preços.

O andamento da safra nos Estados Unidos é outro fator de pressão negativa, uma vez que a colheita da soja e do milho já demonstra um desempenho melhor do que o esperado.

Milho e trigo - O milho também terminou a quarta-feira em queda. O mercado operou durante toda a sessão regular de hoje no azul, porém, acabou também sucumbindo ao movimento de realização de lucros e liquidação de posições.

O principal fator de baixa foi o mau humor do mercado financeiro, agravado pela baixa do petróleo, das commodities metálicas e ainda pela alta do dólar index, que durante boa parte do dia operou em campo negativo.

Essa forte queda da soja e mais o recuo do milho acabaram contaminando o mercado vizinho do trigo, que também encerrou o dia no vermelho, com os  futuros do grão também passaram por uma liquidação dos fundos.

Veja como ficaram as cotações no fechamento da Bolsa de Chicago:

>> SOJA

>> MILHO

>>  TRIGO

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário