Grãos: Mercado opera com forte queda na Bolsa de Chicago

Publicado em 31/10/2011 10:27 e atualizado em 31/10/2011 12:49 968 exibições
Em Chicago, o movimento de baixa dos preços dos grãos continua. Nesta segunda-feira, soja, milho e trigo encerraram o pregão noturno no vermelho refletindo a forte alta do dólar index e mais o mau humor do mercado financeiro. Na sessão regular, as perdas foram ampliadas e, por volta das 13h30 (horário de Brasília), os contratos mais próximos da soja e do trigo recuavavam mais de 20 pontos. O milho, também em queda, tinha mais de 15 pontos negativos em seus principais vencimentos.

Ao redor do mundo, os negócios na macroeconomia voltaram a refletir as dúvidas e incertezas ainda presentes sobre o futuro da economia da Zona do Euro e sobre os detalhes do plano apresentado pela Zona do Euro para conter esse mau momento.

Com isso, os traders ampliam sua aversão ao risco e acabam migrando para ativos mais seguros. Além disso, há ainda uma grande expectativa para o relatório de acompanhamento de safra que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulga no final da tarde desta segunda-feira.

Além disso, o movimento dos fundos tambem influencia negativamente no mercado de grãos hoje.Como explica o analista de mercado Liones Severo,  essa liquidação de posições nada mais é do que um movimento típico dos fundos nos finais de mês, como explica o analista de mercado Liones Severo.

"Os fundos profissionais, que participam de quase todos os mercados,  realizam sistematicamente esse tipo de movimento no final de cada mês do calendário. A razão é  simples: como estão carregando grandes posições vendidas (short) neste fim de período mensal, derrubam ainda mais os preços para apresentar melhores resultados nos relatórios de final de mês para seus investidores/clientes", diz Severo.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário