Equador irá plantar cana-de-açúcar em terras improdutivas para produzir etanol

Publicado em 28/11/2013 14:07 508 exibições

A zona do projeto multipropósito do rio Daule - Vinces, no Equador, seria o lugar escolhido para dar início ao projeto de cultivo de cana de açúcar para a produção de biocombustível que o país irá iniciar, com finalidade de produzir cerca de 180 milhões de litros de álcool.

O projeto demandará o plantio de aproximadamente 35 mil hectares de cana de açúcar. Algumas terras improdutivas serão destinadas para o impulso desse cultivo.

O anúncio foi feito pelo ministro da Coordenação de Produção, Richard Espinoza, durante reunião com o Grupo Gloria que vem mostrando seu interesse em participar da iniciativa do Estado. O Grupo Gloria é um conglomerado industrial de capital peruano formado por empresas com presença no Peru, Colombia, Bolívia e Porto Rico. No Peru, o grupo é responsável por mais de 50% da produção total de açúcar.

O grupo apresentou uma proposta a Espinoza para desenvolver a instalação  da primeira fase da ampliação, em cooperação com o Ministério de Coordenação de Produção, o Ministério de Coordenação de Setores Estratégicos e o Ministério da Agricultura.

Com base nisto, será feito um contrato de inversão para viabilizar este negócio agroindustrial, que potencialmente faz com que a zona seja ideal para o projeto.

Com informações do America Economia

Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário