Mesmo com início da colheita, oferta de açúcar em abril foi baixa e sustentou preços

Publicado em 04/05/2021 11:59 75 exibições
No último mês, Indicador Cepea para o adoçante registrou um salto acumulado de 8,38%, para R$ 112,88 por saca

LOGO nalogo

​A colheita da safra 2021/22 de cana-de-açúcar teve início neste último mês de abril no Centro-Sul do Brasil, mas os trabalhos ainda estavam lentos nas últimas semanas, com nem todas as usinas produzindo açúcar, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea, da Esalq/USP).

Nesse cenário, a oferta de açúcar cristal continuou baixa no mercado brasileiro, sustentando os preços no mercado físico de São Paulo. "As usinas que já produziam açúcar cristal priorizavam a entrega do produto anteriormente adquirido. As avaliações internacionais também ajudaram a sustentar as cotações no mercado brasileiro", destaca o centr.

Entre os dias 31 de março e 30 de abril, o Indicador CEPEA/ESALQ para o açúcar cristal subiu 8,38%, para R$ 112,88 (US$ 20,77) por saca de 50 quilos no último dia do mês de abril.

"Apesar dessa valorização no mercado interno, as exportações continuaram a remunerar mais que as vendas à vista de São Paulo. Vale ressaltar que o Brasil é o maior exportador de açúcar do mundo", pontuou a equipe de análise do Cepea em relatório.

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário