Após reação técnica, açúcar opera próximo da estabilidade nesta tarde de 6ª em NY

Publicado em 18/06/2021 12:02 43 exibições
Mercado tinha ajuste de posições ante a queda na véspera, mas voltou a acompanhar as perspectivas de superávit global na nova temporada

LOGO nalogo

​Os contratos futuros do açúcar operam próximos da estabilidade, mas com viés de baixa, nesta tarde de sexta-feira (18) nas bolsas de Nova York e Londres. Depois de reação técnica ante a véspera, o mercado do adoçante volta a assimilar dados sobre a safra global.

Por volta das 12h (horário de Brasília), o açúcar bruto registrava desvalorização de 0,18%, negociado a US$ 16,67 c/lb na Bolsa de Nova York. Enquanto que o tipo branco cotado em Londres tinha perdas de 0,16%, a US$ 424,40 a tonelada.

Depois de despencar quase 3% na última sessão, o mercado futuro do açúcar iniciou última sessão da semana com valorização em ajuste de posições e acompanhando um dia mais otimista do cenário macroeconômico global. Porém, as baixas voltaram a ser vistas no fim da manhã.

O mercado volta a olhar as estimativas de superávit global em 2021/22 do adoçante e o ciclo 2020/21, segundo o banco alemão Commerzbank. Apesar de queda na produção da safra brasileira, há expectativas positivas para a safra de outras importantes origens, como a Índia.

As perdas na semana já são próximas dos 5% no terminal norte-americano. Além dos fundamentos, como as estimativas de superávit global, os últimos dias também foram marcados por perdas generalizadas nas commodities, acompanhando em parte um dólar mais forte.

O Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) destacou nesta semana que há a possibilidade de um aumento nas taxas de juros do país na pós-pandemia em 2023, antes do que o mercado esperava, segundo a agência de notícias Reuters.

"Qualquer calibração dos micro-fundamentos do açúcar terá que esperar até que este macro-terremoto e quaisquer tremores secundários acabem", disse à Reuters Tobin Gorey, analista do Commonwealth Bank of Australia.

» Clique e veja as cotações completas de sucroenergético

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário