USDA: Aumento dos estoques de soja dos EUA reflete redução do esmagamento e das exportações

Publicado em 09/12/2011 13:49 377 exibições
Há dias, os analistas já vinham afirmando que grandes importadores de soja, como a China, por exemplo, estariam mudando de fornecedores, deixando os EUA e migrando para países da América do Sul, como Brasil e Argentina.
O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou nesta sexta-feira seu relatório mensal de oferta e demanda sinalizando estoques finais de soja da safra 2011/12 maiores nos Estados unidos. O departamento estimou as reservas em 6,26 milhões de toneladas ante as 5,3 milhões estimadas em novembro.

Segundo analistas, a redução das exportações e do esmagamento nos Estados Unidos é o principal fator que provocou o aumento dos estoques no país.

Para a safra 2011/12, o USDA estimou o esmagamento em 44,23 milhões de toneladas contra 44,48 milhões no mês passado. SObre as exportações, o órgão reduziu sua projeção de 36,06 milhões para 35,38 milhões de toneladas.

Há dias, os analistas já vinham afirmando que grandes importadores de soja, como a China, por exemplo, estariam mudando de fornecedores, deixando os EUA e migrando para países da América do Sul, como Brasil e Argentina. Os números do USDA, portanto, vieram confirmar essas apostas.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário