USDA: Expectativa é de que haja aumento na produção de soja dos EUA

Publicado em 08/10/2012 16:30 740 exibições
Nesta quinta-feira (11), o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos)  divulga seu novo e importante relatório mensal de oferta e demanda. Segundo expectativas do mercado, a instituição deverá trazer números maiores para a produção de soja nos Estados Unidos. Já no caso do milho, o volume deverá diminuir. 

De acordo com uma pesquisa feita pela agência Reuters, a safra norte-americana de soja deverá ser projetada em 75,09 milhões de toneladas, contra as 71,69 milhões de toneladas estimadas pelo departamento em setembro.

A produtividade das lavouras norte-americanas, segundo a mesma pesquisa, deverá ser de 41,95 sacas por hectare, índice 4,8% maior do que o registrado no boletim do mês anterior. Já os estoques finais deverão passar de 3,13 milhões para 3,65 milhões de toneladas. 

Ainda de acordo com a pesquisa da Reuters, a produção de milho dos Estados Unidos deverá ser projetada pelo USDA em 269,28 milhões de toneladas, volume 1,2% menor do que o reportado em setembro, de 272,48 milhões de toneladas. Caso esse número se confirme, o departamento norte-americano poderá registrar a menor safra de milho em seis anos. 

Sobre os estoques finais de milho, de acordo com a pesquisa, podem apresentar um recuo de 11,6% e chegar a 16,46 milhões de toneladas que, se confirmando, irão configurar a menor oferta de milho desde a safra 1995/96. 

A consultoria Informa Economics, por outro lado, aposta em números maiores sobre as estimativas que o USDA fará na próxima quinta-feira. Segundo a empresa, a produção norte-americana de soja será projetada em 77,84 milhões de toneladas e a produtividade em 42,87 sacas por hectare. Já para o milho, o que a Informa espera é que o USDA estime a colheita dos EUA em 284,34 milhões de toneladas, com rendimento de 134,42 sacas por hectare. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário