USDA reduz estoques de soja dos EUA e mantém os de milho

Publicado em 11/06/2014 13:37 e atualizado em 11/06/2014 15:01 3399 exibições

Nesta quarta-feira (11), o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou seu novo relatório de oferta e demanda. Apesar de ser aguardado com ansiedade, o boletim trouxe poucos reajustes significativos, sendo visto pelos analistas, portanto, como um boletim neutro. Houve apenas uma ligeira queda nos estoques finais de soja dos Estados Unidos para ambas as safras. 

Diante disso, os mercados de soja e milho em Chicago trabalham do lado negativo do tabela, porém, com perdas leves. Por volta das 14h (horário de Brasília), os principais contratos da oleaginosa e do cereal perdiam pouco mais de 4 pontos. 

Soja EUA - Safras 2013/14 e 2014/15

Os estoques finais de soja dos Estados Unidos da safra 2013/14 foram reduzidos de 3,54 milhões de toneladas, estimadas em maio, para 3,4 milhões de toneladas. Também reajustado positivamente, o esmagamento foi de 46,13 milhões para 46,27 milhões de toneladas.

As exportações e importações norte-americanas foram mantidas e ficaram, respectivamente, em 43,5 milhões e 2,45 milhões de toneladas. Para ambos os números, o mercado apostava em uma revisão para cima, já que as vendas do país, apesar de uma demanda interna também aquecida e de uma severa escassez de produto no país, seguem acontecendo em um ritmo bastante forte. 

As expectativas para a nova safra norte-americana são de uma produção recorde, a qual deve chegar a 98,93 milhões de toneladas, como reportado no boletim desta quarta-feira. No relatório de maio, o mesmo número foi divulgado. Espera-se uma produtividade de 51,25 sacas por hectare, contra 49,1 sacas da safra velha. 

Os estoques registram uma ligeira baixa em relação ao boletim anterior e ficou em 8,85 milhões de toneladas, contra 8,98 milhões da temporada anterior. O número, no entanto, está bem acima do esperado para a temporada 2013/14, de 3,4 milhões de toneladas. 

As exportações da safra nova estão estimadas em 44,23 milhões de toneladas, contra as 43,5 milhões da temporada anterior. No entanto, as importações deverão ser de apenas 408 mil toneladas, contra 2,45 milhões da safra 2013/14 e o residual passará de zero para 490 mil toneladas. 

Soja Mundo - Safras 2013/14 e 2014/15

A safra mundial 2013/14 foi mantida em 283,79 milhões de toneladas, porém, os estoques mundiais subiram de 66,98 milhões para 67,17 milhões de toneladas. Para a nova safra, a estimativa do USDA é de uma produção de 299,82 milhões de toneladas e estoques de 82,88 milhões de toneladas, que subiram em relação a maio, quando os estoques foram estimados em 82,23 milhões de toneladas. 

Para o Brasil, o reporte de junho traz uma estimativa de que sejam produzidas 91 milhões de toneladas de soja na safra 2014/15, e os estoques finais brasileiros foram estimados em 24,31 milhões de toneladas. Para a Argentina, 54 milhões de toneladas a serem colhidas, e estoques finais de 31,66 milhões de toneladas. 

O USDA reporta ainda uma projeção de importações chinesas de 72 milhões de toneladas na safra nova, contra 69 milhões da temporada 2013/14. A produção da nação asiática deverá ficar em 12 milhões de toneladas. 

VEJA OS NÚMEROS DO USDA PARA A SOJA - SAFRAS 2013/14 E 2014/15

Soja USDA

Milho EUA - Safras 2013/14 e 2014/15

Sobre os números da safra 2013/14 de milho dos Estados Unidos, o boletim de junho do USDA trouxe poucas alterações. Os estoques finais do país foram mantidos em 29,1 milhões de toneladas e as exportações em 48,3 milhões de toneladas. O consumo do grão para a produção de etanol ficou em 128,3 milhões de toneladas. 

Em relação à safra anterior, o USDA estima um pequeno aumento na produção 2014/15, passando de 353,71 milhões para 353,97 milhões de toneladas. Os estoques, por outro lado, de uma temporada para outra, deverão recuar de 48,3 milhões de toneladas, da safra 2013/14, para 43,2 milhões de toneladas. A produtividade, estimada em 174,95 sacas/hectare, também será expressivamente maior do que em 2013/14, quando foram colhidas 168,07 sacas por hectares. 

Milho Mundo - Safras 2013/14 e 2014/15

No quadro mundial para o milho, o USDA também não trouxe muitas alterações. A atual produção global foi revista para cima, passando a 981,89 milhões de toneladas, contra as 979,02 milhões estimadas em maio. Os estoques finais, no entanto, foram reduzidos expressivamente, passando de 168,42 milhões para 161,69 milhões de toneladas. 

A produção brasileira 2013/14 foi estimada em 76 milhões de toneladas, contra 75 milhões do boletim anterior. Para a Argentina, por outro lado, foram mantidas as 24 milhões de toneladas, assim como as 217,7 milhões para a China. 

Já no ano-safra 2014/15, são esperadas 981,12 milhões de toneladas de milho, contra das 979,08 milhões de toneladas reportadas em maio. Os estoques finais passaram de 181,73 milhões para 182,65 milhões de toneladas. A safra brasileira de milho foi estimada em 74 milhões de toneladas, a Argentina em 26 milhões e a chinesa em 220 milhões. 

VEJA OS NÚMEROS DO USDA PARA O MILHO - SAFRAS 2013/14 E 2014/15

Milho USDA - Junho

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário