USDA reduz estoques finais de soja e milho dos EUA

Publicado em 10/12/2014 14:16 e atualizado em 10/12/2014 15:23 2638 exibições

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou, na tarde desta quarta-feira (10), seu relatório mensal de oferta e demanda e trouxe números menores para os estoques de soja e milho do país, além de um aumento nas exportações americanas da oleaginosa. 

Soja EUA - De acordo com o departamento, que em nada mexeu nos números de produção e áreas plantada e colhida, os estoques finais de soja dos EUA passaram de 12,25 milhões de toneladas estimadas em novembro para 11,16 milhões de toneladas. O número ficou dentro das expectativas do mercado, que variavam entre 10,89 milhões de 12,38 milhões de toneladas. 

Sobre as exportações norte-americanas, o USDA aumentou sua projeção, atendendo as expectativas dos traders, de 46,81 milhões para 47,9 milhões de toneladas. 

Soja Mundo - O USDA trouxe ainda um ligeiro aumento na produção mundial de soja, que passou de 312,06 milhões para 312,81 milhões de toneladas. Os estoques finais globais, entretanto, recuaram e ficaram em 89,87 milhões de toneladas, contra 90,28 milhões reportados no boletim de novembro. 

O departamento reportou ainda a manutenção do número para as safras de soja do Brasil e da Argentina, em 94 milhões e 55 milhões de toneladas, respectivamente. Já os estoques finais de ambos os países foram reajustados para cima, ficando em 24,38 milhões e 34,85 milhões de toneladas. 

Sobre a China, o USDA manteve suas importações de soja nesta temporada 2014/15 estimadas em 74 milhões de toneladas. 

Números da Soja

USDA Dezembro - Soja

Milho EUA - No milho, as mudanças também foram pouco significativas, embora o USDA tenha surpreendido o mercado com uma redução nos estoques finais do cereal no país, enquanto as expectativas apontavam para um incremento. 

Os estoques foram reportados em 50,75 milhões de toneladas, contra 51,01 milhões do boletim de novembro. As projeções do mercado apostavam em algo entre 49,23 milhões e 52,86 milhões de toneladas. 

Milho Mundo - No cenário mundial, a estimativa para a produção aumentou, enquanto para os estoques finais foi reduzida e os números ficaram, respectivamente, em 991,58 milhões e 192,20 milhões de toneladas. Em novembro, esses dados vieram reportados em 990,32 milhões e 191,50 milhões de toneladas. O número dos estoques ficou dentro do esperado, já que as projeções eram de 189,6 milhões a 192,9 milhões de toneladas. 

O USDA trouxe ainda um aumento na safra chinesa de milho - de 214 milhões para 215,5 milhões de toneladas - e as importações do grão pela nação asiática foram revisadas para baixo, de 2,5 milhões para 2 milhões de toneladas. 

Para a América do Sul, a única mudança expressiva veio na produção da Argentina, reduzida de 23 milhões para 22 milhões de toneladas. 

Números do Milho

USDA Dezembro - Milho

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário