Algodão: USDA eleva em quase 2 mi de fardos projeção da safra mundial no ciclo 2017/18

Publicado em 10/08/2017 14:14 e atualizado em 10/08/2017 14:47
815 exibições

LOGO nalogo

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou nesta quinta-feira (10) suas novas projeções para a safra global de algodão da temporada 2017/18. A estimativa é que sejam colhidos 117,31 milhões de fardos da pluma no mundo. Em julho, o número era de 115,36 milhões de fardos. Os estoques finais do ciclo foram estimados em 90,09 milhões de fardos, frente os 88,73 milhões de fardos apontados anteriormente.

Para os EUA, a perspectiva é que sejam colhidos 20,55 milhões de fardos. Número acima do apontado no boletim de julho, de 19 milhões de fardos. Os estoques finais americanos subiram de 5,30 milhões para 5,80 milhões de fardos. Já as exportações ficaram em 14,20 milhões, contra os 13,50 milhões de fardos divulgados no mês passado.

A safra do Brasil foi mantida em 7 milhões de fardos de algodão pelo USDA. Os estoques finais apresentaram leve queda e, recuaram de 8,25 milhões para 8,16 milhões de fardos. Em contrapartida, as exportações subiram de 3,10 milhões para 3,20 milhões de fardos.

Do mesmo jeito, a safra da Índia foi mantida em 29 milhões de fardos. Já os estoques de algodão no país ficaram em 14,09 milhões de fardos, acima do reportado em julho, de 13,69 milhões de fardos. As exportações ficaram em 4,30 milhões de fardos. No mês anterior, o número era de 4,20 milhões de fardos.

No caso da China, o USDA manteve as projeções para os estoques finais, exportações e importações em 39,35 milhões, 500 mil e 5 milhões de fardos, respectivamente. Por outro lado, a produção chinesa de algodão subiu de 24 milhões para 24,50 milhões de fardos.

A produção de algodão do Paquistão e as importações ficaram em linha com o boletim anterior. Os estoques finais do país baixaram de 2,72 milhões para 2,64 milhões de fardos. As exportações também recuaram de 400 mil para 350 mil fardos.

Para a União Europeia e a Turquia, o USDA trouxe ligeiras modificações. A produção dos dois países foi projetada em 4,96 milhões de fardos, contra os 5,16 milhões de fardos de julho. Os estoques finais passaram de 2,02 milhões para 2,12 milhões de fardos. E as exportações baixaram de 1,59 milhão para 1,54 milhão de fardos.

Para Bangladesh, o USDA manteve a produção de algodão em 130 mil fardos. As importações ficaram em 7,20 milhões de fardos, contra os 7,10 milhões de fardos estimados no relatório anterior.

USDA - Algodão - oferta e demanda de Agosto

Tags:
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário