Trigo: USDA reduz safra e estoques finais globais da temporada 2018/19

Publicado em 10/08/2018 13:36
879 exibições

LOGO nalogo

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reportou seu novo boletim de oferta e demanda para a cultura do trigo nos EUA e mundial nesta sexta-feira (10). A safra global, da temporada 2018/19, foi estimada em 729,63 milhões de toneladas.

O número ficou abaixo do indicado no relatório de julho, de 736,26 milhões de toneladas. Os estoques finais globais ficaram em 258,96 milhões, contra os 260,88 milhões de toneladas do mês anterior.

Para os Estados Unidos, o departamento estimou a safra em 51,08 milhões, frente as 51,21 milhões de toneladas projetadas em julho. Os estoques recuaram de 26,80 milhões para 25,45 milhões de toneladas. Já as exportações subiram de 26,54 milhões para 27,90 milhões de toneladas.

No caso do Brasil, o USDA estimou a safra em 4,70 milhões de toneladas. O número é ligeiramente menor do que o estimado em julho, de 4,90 milhões de toneladas. Os estoques finais foram estimados em 1,07 milhão de toneladas. Em julho, o número era de 1,17 milhão de toneladas.

As exportações brasileiras de trigo foram mantidas em 300 mil toneladas e as importações em 7,50 milhões de toneladas.

Na União Europeia, a expectativa é que sejam colhidas 137,50 milhões de toneladas de trigo. No boletim anterior, a projeção era de 145 milhões de toneladas. Os estoques finais ficaram em 10,12 milhões de toneladas, contra as 10,39 milhões de toneladas estimadas em julho. Já as exportações passaram de 27,50 milhões para 23 milhões de toneladas.

A safra de trigo da Rússia foi projetada em 68 milhões de toneladas nesta temporada. O número é maior do que o estimado em julho, de 67 milhões de toneladas. Os estoques finais permaneceram em 4,82 milhões de toneladas. As exportações subiram de 34 milhões para 35 milhões de toneladas.

Ainda no reporte, o USDA manteve em 25,50 milhões de toneladas a produção de trigo na Ucrânia. Os estoques finais subiram de 1,03 milhão para 1,24 milhão de toneladas. E as exportações ficaram inalteradas em 16,50 milhões de toneladas.

Trigo - Agosto - USDA

Tags:
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário