USDA: Vendas semanais de soja e milho dos EUA ficam dentro das expectativas

Publicado em 19/02/2021 14:15 109 exibições

LOGO nalogo

O relatório semanal de vendas para exportação divulgado nesta sexta-feira (19) pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) veio neutro para soja, milho e trigo, com números que ficaram dentro das expectativas do mercado. 

Na semana encerrada em 11 de janeiro, os EUA venderam 455,9 mil toneladas de soja da safra 2020/21 e o total ficou dentro das projeções de 300 mil a 900 mil toneladas. Diferente das últimas semanas, a Indonésia se mostrou como o principal destino da oleaginosa norte-americana. Assim, em toda temporada os EUA já comprometeram 59,860,7 milhões de toneladas de um total a ser exportado de 61,24 milhões de toneladas. Há um ano, o acumulado era de apernas 33,6 milhões. 

Foram vendidas também outras 168 mil toneladas da safra 2021/22. 

De milho, as vendas semanais norte-americanas foram de 999,2 mil toneladas, também dentro do intervalo esperado pelo mercado de 800 mil a 1,2 milhão de toneladas. O México foi o principal comprador do grão dos EUA. Em todo ano comercial 2020/21, o total já comprometido pelo país chega a 58,554,3 milhões de toneladas, superando largamente o ano anterior, quando eram pouco mais de 25 milhões de toneldas. Para toda temporada, o USDA estima as vendas americanas em 66,04 milhões de toneladas. 

Os Estados Unidos venderam ainda 399,1 mil toneladas de trigo - com a Nigéria respondendo peloo maior volume -, enquanto o mercado esperava algo entre 250 mil e 650 mil toneladas. 

Entre os derivados de soja, as vendas semanais de farelo de soja somaram 322,2 mil toneladas - com expectativas de 100 mil a 350 mil toneladas - e o principal destino foram as Filipinas. Já de óleo, as vendas somaram 4,4 mil toneladas, ligeiramente abaixo das projeções de 5 mil a 250 mil toneladas. A Guatemala foi o principal destino. 

Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário