USDA reduz estoques finais de milho e amplia os de soja nos EUA

Publicado em 09/06/2011 10:22 e atualizado em 09/06/2011 14:35 1729 exibições
O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou seu relatório mensal de oferta e demanda nesta quinta-feira reportando um aumento de 4,627 para 4,889 milhões de toneladas nos estoques finais de soja nos Estados Unidos para a safra 2010/11. O volume ficou acima das expectativas do mercado que esperavam um aumento para 4,708 milhões de toneladas.

Os estoques do milho, para o ciclo 10/11, foram mantidos em 18,543 milhões de toneladas ante a expectativa dos traders de 18,162 milhões de toneladas.

Para a temporada 2011/12, os estoques finais de soja foram ampliados de 4,355 milhões para 5,171 milhões de toneladas. A aposta média do mercado era de 4,491 milhões de toneladas.

Quanto aos estoques de milho, safra 11/12, a redução foi de 22% e as reservas projetadas em 17,654 milhões de toneladas. O volume ficou bem abaixo do esperado pelo mercado, algo em torno de 20,321 milhões de toneladas.  

Produção e produtividade - Para o milho, o USDA reduziu ainda a previsão de plantio da safra 11/12 de 37,3 milhões para 36,71 milhões de hectares. Já a produtividade foi mantida em 165,96 sacas por hectare. A produção, por sua vez, sofreum um recuo para 335,29 milhões de toneladas ante a previsão de maio de 343,027 milhões de toneladas.

Mundo - No cenário mundial, a safra de soja argentina foi mantida em 49,5 milhões de toneladas, já a produção brasileira teve um incremento de de 1,5 milhão de toneladas, aumentando de 73 para 74,5 milhões de toneladas.

As importações de soja da China da temporada 2010/11, por sua vez, foram reduzidas de 54,5 para 54 milhões de toneladas. Já as compras para o ciclo 2011/12 permaneceram estimadas em 58 milhões de toneladas.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário