USDA reduz estoques finais de soja e aumenta os de milho nos EUA

Publicado em 12/07/2011 09:53 e atualizado em 12/07/2011 15:07 1798 exibições
O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou nesta terça-feira seu relatório mensal de oferta e demanda apontando a redução dos estoques finais de soja nos EUA na safra 2011/12 de 5,171 milhões de toneladas para 4,76 milhões. O número ficou ligeiramente acima das expectativas do mercado, que falavam em 4,681 milhões de toneladas.

Para a safra 2010/11, o departamento aumentou as reservas finais da oleaginosa de 4,899 milhões pra 5,44 milhões de toneladas. O volume ficou acima do esperado pelos traders, que apostavam em um incremento para 5,253 milhões de toneladas.

Para o milho, os estoques finais norte-americanos foram estimados em 22,10 milhões de toneladas enquanto a expectativa do mercado era de um aumento de 17,654 milhões de toneladas para 25,731 milhões de toneladas.

Na safra velha, a estimativa dos estoques finais do cereal veio em 22,35 milhões de toneladas. Os traders, no entanto, apostavam em um incremento de 18,543 para 23,140 milhões de toneladas.

Mundo - No cenário mundial, o USDA manteve sua previsão para a safra argentina de soja em 49,5 milhões de toneladas e a brasileira em 74,5 milhões de toneladas.

Sobre as importações de soja da China da safra 11/12, o volume recuou de 58 milhões de toneladas em junho para 56,5 milhões de toneladas. Já para o ciclo 10/11, o volume caiu de 54 milhões no boletim anteriro para 52 milhões de toneladas este mês.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário