Aumentar a produtividade é possivel, mas o produtor precisa ter vontade de aprender. O solo é fundamental neste avanço. Acompanh

Publicado em 12/08/2016 15:47
2491 exibições
Aumentar a produtividade é possivel, mas o produtor precisa ter vontade de aprender. O solo é fundamental neste avanço. Acompanhe a entrevista de Dirceu Gassen - Engenheiro Agrônomo

2 comentários

  • Jackson Luís Silva dos Santos Dom Eliseu - PA

    sensacional,...

    0
  • Eduardo kotait Assis - SP

    Aprender o que cara-palida..????...o agricultor ta cansado de saber o que fazer, o que precisa é de renda para poder investir na terra ainda mais com esses preços absurdos de calcareo, gesso, frete e por ai vai... o custo Brasil é um absurdo...

    10
    • DOMINGOS KUGERATSKILAPA - PR

      parabens Eduardo matou a pau.

      3
    • RODRIGO POLO PIRESBALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC

      Fora das malocas não podem surgir novas lideranças espontaneamente, eles não deixam, então tudo tem que ser do jeito deles, e quando já não podem mandar de tantos fracassos, querem ainda escolher quem vai mandar, ou seja, os que foram moldados e pensam como eles. Esse é seu legado, o da garantia dos privilégios e beneficios a si mesmos e seus grupos.

      4
    • ANDERSONBERNARDIJATAÍ - GO

      Eduardo kotait falou o que todos que estamos no ramo Agricola pensamos, pena que ninguém nos escuta . Parabéns

      2
    • WELLINGTON ALMEIDA RODRIGUESSUCUPIRA - TO

      Isso diz tudo, mas não basta como falou Eduardo e Anderson, ninguém nos esculta, vamos começar a agir assim se não esculta, sente na barriga a falta de produtos agropecuários, quem manda das porteiras para dentro somos nós, quem da o nome e tem o crédito somos nós, quem arrebenta nossos CPF para honrar compromissos somos nós, quem acorda 4 horas da manhã enquanto a maioria do Brasil só acorda a 7 da manhã somos nós, quem enfrenta de sol a sol , tempestade, granizos, excesso de chuvas, falta de chuvas enfim todas as adversidades climáticas somos nós , se não escultam vamos bater em outro lugar onde dói mais muito mais, abraço...!

      0