Agricultura do Brasil perde R$ 38 bilhões por ano com nematoides

Publicado em 17/05/2018 11:19 e atualizado em 18/05/2018 17:24
5421 exibições
Somente na soja, perdas passam de R$ 16 bi ao ano. Soluções podem vir com uma disciplinada rotação de cultura, além do tratamento das sementes com nematicidas.
Jaime Maia dos Santos - Nematologista - UNESP - Jaboticabal

LOGO nalogo

Nesta quinta-feira (17), o Notícias Agrícolas conversou com Jaime Maia dos Santos, nematologista da UNESP em Jaboticabal, que destacou o fato de que, segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o Brasil está perdendo 38 bilhões de reais em todas as culturas por perda de produtividade provocada pela presença dos nematoides no solo.

Como destaca Santos, essas pragas que estão no Brasil desde a época do Império, com a cafeicultura, são "devastadoras" e se espalham se forma preocupante até hoje. Para ele, a rotação de culturas seria, portanto, uma das soluções para diminuir a população em um solo, já que os nematóides não necessariamente migram de uma área para a outra, mas ampliam sua atuação em uma determinada área.

A analogia usada para salientar a ação dessas pragas é a comparação com as lombrigas do corpo humano. Os nematóides estão no subsolo, na raiz das plantas. Os produtores, dessa forma, não veem as pragas e pensam que ela não existe - e isso, como lembra o pesquisador, não ocorre apenas no Brasil, mas no mundo todo. Ele avalia que deveria haver mais informação no campo para identificar esse problema como a causa de algumas perdas.

"Os produtores que sabem, aprenderam assim", salienta, lembrando da necessidade de haver conversas e demonstrações a respeito do tema para os produtores rurais. Um dos pontos que ele destaca, também, é o aluguel de máquinas para plantar e para colher, que podem levar a praga de uma área para a outra.

Na demonstração de um dos casos identificados por Santos, é possível observar que os nematóides podem invadir as raízes e necrosá-las, já que as plantas não conseguem absorver água e nem nutrientes suficientes para se manter. Em um período de veranico, essa situação pode ser letal para a lavoura.

Confira as imagens dos nematóides nas lavouras enviados pelo o Jaime Maia dos Santos, nematologista da UNESP em Jaboticabal: 

Nematoides na agricultura - Imagens: Jaime Maia

Nematoides na agricultura - Imagens: Jaime Maia

Nematoides na agricultura - Imagens: Jaime Maia

Nematoides na agricultura - Imagens: Jaime Maia

Nematoides na agricultura - Imagens: Jaime Maia

Por: João Batista Olivi e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

2 comentários

  • Thiago De Almeida Prado Pompéia - SP

    Ótima entrevista! Jaime Maia dos Santos, meu professor, amigo, conselheiro e, assim como João Batista Olivi, grande exemplo de dedicação à agricultura brasileira!!

    0
  • FABIANO PINTO Alvares Florence - SP

    Tanto na lavoura como na politica o melhor é a rotação...

    0