Produtor do RS conseguiu bons resultados com manejo integrado de plantas daninhas e já reduziu uso de herbicidas

Publicado em 28/08/2018 17:59 e atualizado em 29/08/2018 15:53
1239 exibições
Com manejo eficiente e sem competição com plantas daninhas foi possível aumentar produtividade
Rogério Pacheco - Produtor Rural - Carazinho/ RS

Podcast

Com manejo eficiente e sem competição com plantas daninhas foi possível aumentar produtividade

Download

LOGO nalogo

Para reduzir o uso de herbicidas, os produtores rurais estão investindo em um manejo integrado das lavouras e alcançaram bons resultados. No estado do Rio Grande do Sul, os agricultores enfrentam problemas com a resistência da buva e azevém ao glifosato, sendo que é preciso rotacionar herbicidas para ter um controle mais eficiente.   

Durante o 31º Congresso Brasileiro de Ciências e Plantas Daninhas, o produtor rural do município de Carazinho/RS, Rogério Pacheco, destaca que está conseguindo bons resultados com o manejo integrado das lavouras. “Nós estamos controlando plantas daninhas após o plantio direto, na qual nós aprendemos que para fazer um plantio direto depende de muita palha”, afirma.

A palha pode ser um bom herbicida que atua para controlar fisicamente a erva daninha e não permite a entrada do sol. “Com isso, nós não deixamos toda a responsabilidade para o herbicida”, comenta.

Em relação aos resultados, o produtor salienta que com o manejo integrado conversa a umidade do solo e pode ficar mais dias plantando. “Atualmente, 90% da nossa área tem minhocas e  a produtividade vai ser uma conseqüência desse trabalho”, diz.

Tags:
Por: Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário