Comunicação responsável precisa expandir as fronteiras do campo e alcançar as cidades para mudar imagem do setor

Publicado em 05/09/2019 13:16 e atualizado em 05/09/2019 15:54
604 exibições
Nova geração de influenciadores digitais já é essencial na mudança de imagem do agronegócio brasileiro para responder às mentiras crescentes que são rapidamente disseminadas pela mídia geral. Informações corretas e bem apuradas não podem ficar somente entre o público do setor.
Camila Telles - Relações Públicas e Digital Influencer do Agro

Podcast

Fake News no Agro - Entrevista com Camila Telles - Relações Públicas e Digital Influencer do Agro

Download

LOGO nalogo

Após a grande mídia divulgar informações distorcidas sobre o agronegócio, a digital influencer, Camila Telles, decidiu gravar um vídeo para esclarecer as fake news com embasamento e dados. O último vídeo gravado pela a jovem foi uma resposta ao canal GNT que reuniu em um programa uma série de personalidades para falar dos impactos que o agronegócio causa no meio ambiente.

Fonte: Camila Telles - Youtube

“Eu recebi vários pedidos de resposta para esse programa e as afirmações que eles falaram podem parecer corretos para muitas pessoas. Então, o agro não pode se calar e temos que falar cada vez mais já que temos a informação ao nosso favor”, comenta.

A digital influencer relata que os produtores rurais se comunicam muito bem no setor, mas é preciso descobrir qual é a melhor forma de se comunicar com mais eficiência no meio urbano. “Para gravar o vídeo da GNT, eu me preparei muito, pois estava enfrentando pessoas que tem milhões de seguidores e me preocupei em consultor os especialistas. O vídeo deu certo por que chegou na cidade”, afirma.

Com relação as pessoas que questionaram as informações técnicas, Camila destaca que futuramente pensa em fazer vídeos com especialistas do agronegócio. Ainda segunda a influencer, as pessoas se espelham cada mais na internet e acabam consumindo informações através das redes sócias. 

Por: Carla Mendes e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário