De gota em gota produtor economiza um milhão, diz especialista em tecnologia de aplicação

Publicado em 29/05/2020 10:39 e atualizado em 29/05/2020 16:50 2551 exibições
Rone Batista de Oliveira - Eng. Agrônomo pesquisador e extensionista da UENP
Tecnologia de aplicação: especialista em caldas aponta a melhor mistura (entrevista com Rone Batista de Oliveira, Dr. em tecnologia de aplicação, diretor do Nucleo de Investigação em Tecnologia de Aplicação da UENP - Universidade Estadual do Norte do Paraná)

Podcast

Tecnologia de aplicação: especialista em caldas aponta a melhor mistura

Download

LOGO nalogo

Dando sequencia às matérias sobre redução de custos, o Notícias Agrícolas ouviu o especialista em tecnologia de aplicação, dr. Rone Batista de Oliveira, da UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná), que realizou testes em 300 misturas e chegou à conclusão que "é de gota em gota que se economiza dentro da porteira". 

--"É comum o produtor se procupar em reduzir custos com os gastos macros (fertilizantes, defensivos, etc), esquecendo-se dos detalhes. Mas são os pequenos cuidados que dão resultado. É o caso da aplicação de defensivos, que, operando de forma errada, come a produtividade e o lucro da safra".

O professor Rone conta que tudo começa pela calda, que utimamente está deixando de ser líquida, para se transformar numa pasta. "Aí não há bico que dê jeito", diz ele. Outro cuidado são as pontas dos pulverizadores, "cada um de acordo com a necessidade da aplicação". E, por fim, toda a atenção para a gota, para, entre coisas, evitar a deriva.

--"A gota é uma esfera, pequena, que não pode errar o alvo. Aí é que entram as tecnolgias".

O professor,  com doutorado na Ohio University, mostra as inovações. E a que tem chamado atenção, por economizar e otimizar a produtividade, são as novas misturas de óleo com adjuvantes. A Impasa, do Paraguai, utiliza uma nova tecnologia, denominada IOP, que une o oleo vegetal (de milho) com os adjuvantes.

-- "Além das inumeras vantagens na aplicação, reduz o tempo da janela, e amplia a produtividade".

O Noticias Agricolas ouviu usuários da nova mistura e constatou ganhos de 2,5 sacas por hectare.

(veja acima a íntegra da entrevista)

Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário