Tornados em Santa Catarina afetam algumas áreas de trigo, mas prejuízos se concentram no setor de proteína animal

Publicado em 17/08/2020 10:54 e atualizado em 18/08/2020 07:50 1601 exibições
Enori Barbieri - Vice Presidente da FAESC
Lavouras de inverno na região de Campos Novos foram as mais afetadas, mas maior parte dos estragos foi sentida na região do meio oeste catarinense, a maior produtora de proteínas animais do estado. Perdas foram nas estruturas da cadeia e nos animais mortos.

Podcast

Tornados em Santa Catarina afetam algumas áreas de trigo, mas prejuízos se concentram no setor de proteínas animais

Download

LOGO nalogo

Neste final de semana Santa Catarina foi atingida por chuva forte, granizo e tornados que causaram prejuízos nas áreas agrícolas do estado. Na sexta-feira, por exemplo, foram 100 mm acumulados em apenas duas horas.

Segundo o vice-presidente da Faesc, Enori Barbieri, a região mais atingida foi a meio oeste, a principal produtora de frangos e suínos, em cidades como Tangará, Caçador, Treze Tílias, Água Doce (onde 700 casas foram destelhadas) e Ibicaré.

O setor de proteínas foi o de maior prejuízo, com morte de animais e destruição de estruturas da cadeia. Barbieri destaca que vai levar um tempo até que tudo se recupere e que tanto a Faesc quanto o governo do estado estão se mobilizando para auxiliar os produtores.

Já nas áreas de lavouras, o município de Campos Novos foi o mais afetado para a cultura do trigo que foram praticamente dizimadas, mas a maior parte de lavouras catarinenses neste momento estão em preparo para a próxima safra de verão.

Confira a íntegra da entrevista com o vice-presidente da Faesc no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário