Integração lavoura-pecuária-floresta será mostrada ao mundo em transmissão ao vivo, diz Paulo Herrmann

Publicado em 15/01/2021 18:29 e atualizado em 18/01/2021 10:46 1864 exibições
Paulo Herrmann - Presidente John Deere Brasil
John Deere Brasil promoverá dia de campo do sistema ILPF em transmissão digital em 3 línguas, aberta ao mundo

 

 

Podcast

Entevista com Paulo Herrmann - Presidente John Deere Brasil

Download

 

 

​A divulgação da qualidade superior da agricultura do Brasil será mostrada ao mundo na prática, direto do campo, em transmissão digital aberta -- e com versão simultânea para o ingles e espanhol. A John Deere planeja para início de junho realizar um amplo "dia de campo" sobre o sistema ILPF (Integração Lavoura-Pecuária-Floresta) em Ipameri (GO), num evento global.

-- "Será um momento marcante", diz Paulo Herrmann, presidente da John Deere Brasil. "Vamos mostrar e divulgar ao mundo que aqui temos a melhor e a mais sustentável forma de se produzir alimentos" , diz ele.

O "dia de campo" será realizado na Fazenda Santa Brigida, em Ipameri, GO, que é referencia na transferencia de tecnologia do sistema ILPF (Integração Lavoura-Pecurária-Floresta) da Embrapa. 

-- "O Brasil produz a agricultura tropical, única no mundo, onde aproveitamos a força do sol e da fotossíntese para colhermos de duas a tres safras por ano. E cada vez mais nossos agricultores estão conscientes da necessidade de se fazer a agricultura de forma sustentável. É isso que vamos mostrar nesse dia de campo global".

AGRO MANTERÁ O CRESCIMENTO DO PIB

Nessa entrevista ao Notícias Agrícolas, Paulo Herrmann aponta que, neste ano de 2021 - e tambem em 2022 -,  o PIB brasileiro crescerá de 3 a 4 por cento devido principalmente à entrada de dólares trazidos pelas exportações do agronegócio brasileiro.

-- "No início de 2020 eu já cravava essas projeções positivas para o crescimento da economia brasileira, mas aí veio a pandemia, o "fique em casa", e tudo ficou incerto. Mas o Brasil é um país predominantemente agrícola, e no campo a natureza continuava viva..., as colheitas e os campos precisam de manejo, as vacas precisavam ser ordenhadas, os animais serem alimentados, assim o produtor não tinha outra opção senão manter seu trabalho para abastecer as gôndolas dos supermercados. O agro então não parou e fomos mais uma vez determinantes para que o tombo do PIB em 2020 não fosse ainda maior", analisa Paulo Hermann.

-- "Nesse ano vamos mostrar mais uma vez força do agro brasileiro,  pois, com o Covid, o mundo se defendeu fazendo estoques de alimentos. O apetite dos chineses e indianos por grãos do Brasil só vai aumentar, exemplifica o presidente da John Deere.

-- "Este ano já trabalhamos com uma projeção de 85 milhões de toneladas de soja para a China. Somados aos 40 milhões de toneladas que precisaremos produzir para abastecer o mercado interno, haverá necessidade de se produzir mais de 120 milhões de toneladas somente de soja. E podemos garantir que isso vai acontecer, pois o produtor está preparado", finaliza Paulo Hermann.

 

Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário