Evolução tecnológica e o futuro das máquinas agrícolas; Marcelo Prado entrevista diretor comercial da Fendt América Latina

Publicado em 28/10/2021 17:52 e atualizado em 10/11/2021 09:19 602 exibições
José Galli - Diretor Comercial Fendt América Latina
Entre diversos assuntos, José Galli comentou sobre as estratégias da fabricante alemã de tratores no Brasil e as novas demandas do mercado nesse setor de máquinas agrícolas

Na última quinta-feira (28) Marcelo Prado entrevistou José Galli, diretor comercial da Fendt América Latina, no programa Líderes do Agro. Entre os principais assuntos discutidos estiveram a evolução da tecnologia e as novas possibilidades de funcionamento que elas trarão aos tratores para os produtores rurais.

De início, Galli comentou que, por ser uma empresa alemã, as máquinas da Fendt tem as características europeias. Enquanto que nos Estados Unidos os veículos agrícolas são mais pesados para trabalhar nas grandes propriedades, os europeus, devido ao tamanho das terras normalmente ser menores, são mais práticos e versáteis. Assim, os tratores são preparados para o trabalho desde as operações até o transbordo para os armazéns.

Levando em consideração esse ideal de atender ao cliente, Marcelo Prado questionou a respeito do futuro dos tratores e a tecnologia teleguiada. Galli respondeu que a tecnologia do futuro não algo que chega de repente, como muitas vezes as pessoas pensam, é ago que vai avançando aos poucos. Na Califórnia, como ele exemplificou, uma cidade está com táxis autônomos, sem motoristas e esse sistema vai avançando ano após ano. Algumas peças presentes nesses veículos já integram tratores da Fendt, esse é um caminho que a empresa está seguindo, até por ser algo efetivo para os produtores. Mas, mesmo depois que a tecnologia se desenvolve por completo, leva um tempo para que chegue até todas as pessoas, como explicou o diretor comercial.

Outro assunto de destaque foi a fidelização do consumidor, abordada com um dos princípios fundamentais para a marca. O passo que está sendo tomado agora pela Fendt é a proximidade da fábrica com o cliente. O objetivo neste momento é estabelecer rede de concessionárias próximo do consumidor. “O agricultor quer ter esse contato, ter um espaço convidativo para tomar um café, um chimarrão”, declarou. Porem, acima de tudo, como destacou Galli, é fundamental é ter um produto confiável, uma marca que estará sempre atendendo e de ouvidos abertos para o cliente

Durante o programa, Gallli também falou sobre o mercado das máquinas agrícolas, os avanços na parte de manutenção e a importância da conectividade para os produtores. A entrevista completa está disponível no vídeo acima. O Líderes do Agro vai ao ar, ao vivo, todas as quintas-feiras, a partir das 17h30, trazendo as principais estratégias tomadas por grandes nomes do setor agropecuário adotadas em suas empresas.

Tags:
Por:
Igor Batista

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário