Os desafios do pequeno e médio produtor brasileiro e sua importância para a segurança alimentar mundial

Publicado em 17/05/2022 10:33 e atualizado em 18/05/2022 07:53
Os desafios do pequeno e médio produtor brasileiro e sua importância para a segurança alimentar mundial
A baixa renda de muitos agricultores brasileiros foi destaque do Conexão Campo Cidade, em um mundo que cada vez mais precisa da produção de alimentos nacional

Podcast

Os desafios do pequeno e médio produtor brasileiro e sua importância para a segurança alimentar mundial

Logotipo Notícias Agrícolas

O agronegócio e os setores urbanos estão intrinsecamente conectados, já que as cadeias produtivas de alimentos influenciam diretamente no cotidiano das cidades. Porém, muitos ruídos de comunicação entre as duas pontas geram discussões e desentendimentos que merecem atenção. Nesse contexto, o site Notícias Agrícolas e a consultoria MPrado desenvolveram o projeto Conexão Campo e Cidade, que visa debater diversas questões relacionadas aos negócios que envolvem os ambientes urbanos e rurais.

Confira aqui todas as edições do Conexão Campo Cidade

A soma da desorganização das cadeiras produtivas, da inflação mundial e da guerra no Leste Europeu forma uma combinação que resultada em uma insegurança alimentar em todo o mundo. Para reverter esse panorama, o agronegócio preenche um espaço fundamental no abastecimento de todo o planeta, com o Brasil exercendo um papel de destaque, pois já é um dos maiores exportadores de alimentos entre todos os países e possui um enorme potencial de aumentar sua produção. Para tratar esse assunto, o Conexão Campo Cidade desta semana recebeu Gustavo Chianca, que é o representante adjunto da FAO (sigla em inglês para Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura) no Brasil.

CapaYT_CCC_160522 (1)

Tags:
Por:
Igor Batista
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário