HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

São Paulo já colheu metade da safra de algodão e espera produtividade satisfatória, mas menor que a passada

Publicado em 27/05/2021 10:01 e atualizado em 27/05/2021 10:47 505 exibições
Peter Derks - Diretor Presidente da APPA
Área cultivada registrou grande redução no estado, mas rendimentos bons e boas oportunidades de comercialização tendem a estimular os produtores à retomarem a produção na próxima safra

Podcast

São Paulo já colheu metade da safra de algodão e espera produtividade satisfatória, mas menor que a passada

Download

LOGO nalogo

A colheita do algodão já foi finalizada em metade dos 4.700 hectares cultivados em São Paulo nesta safra. As atividades devem se estender por mias 15 dias na região sudoeste do estado e a expectativa é de produtividades menores do que as da temporada passada, mas ainda assim em um patamar satisfatório.

Segundo o presidente da APPA (Associação Paulista dos Produtores de Algodão), Peter Derks, a região Centro-Norte do estado enfrentou uma seca bem drástica, o Sudoeste também teve menos rendimento do que o ano passado e, apenas a região Oeste conseguiu superar seus patamares.

Sendo assim, a expectativa da entidade é finalizar o ciclo com produtividade média de [email protected] de caroço por hectare e entre 100 e [email protected] por hectare de pluma. Além da diminuição na produtividade, a área cultivada neste ano teve grande queda saindo dos antigos 8.500 hectares.

Derks destaca ainda que foram poucas as vendas antecipadas fechadas para esta safra, mas que agora as condições estão favoráveis para a comercialização e os produtores paulistas aproveitam que são os primeiros a colher e conseguem vender aproveitando esta última janela antes da chegada da oferta vinda do Centro-Oeste brasileiro.

Confira a entrevista completa com o presidente da APPA no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário