Pecuaristas tendem a antecipar entrada de animais prevista só para dezembro e aguardar mudanças no Funrural a partir de janeiro

Publicado em 05/11/2018 12:22 e atualizado em 05/11/2018 17:38
549 exibições
Expectativa de melhora de consumo no mercado interno pode ajudar a enxugar um possível aumento de animais em novembro. Vazio de oferta deve ficar para dezembro
Caio Toledo Godoy - Consultor em Gerenciamento de Riscos da INTL FCStone

Podcast

Entrevista com Caio Toledo Godoy sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

LOGO nalogo

No estado de São Paulo, os pecuaristas podem antecipar a entrada de animais que estava prevista para dezembro em função das mudanças do funrural em que o pagamento pode ser feito em folha ou via faturamento.  

De acordo com o Consultor em Gerenciamento de Riscos da INTL FCStone, Caio Toledo Godoy, a semana começa com ritmo lento de negociações em função do feriado prolongado. “Semana passada, nós tivemos um dia a menos de abate que acabou favorecendo os frigoríficos a ampliar as programações das escalas”, afirma.

Do lado da demanda, tem uma boa expectativa para o consumo nesta primeira semana do mês de novembro. Com relação à demanda externa, os números de exportações da carne ficaram um pouco abaixo em setembro. “Vamos ver o comportamento do dólar para ver se ajuda nas exportações”, comenta.

Atualmente, as referências para o boi gordo no estado de São Paulo estão ao redor de R$ 148,00/@ a R$ 150,00/@, livre de funrural. “Poucos querem vender abaixo desse valor e está tendo negócios nesses patamares”, completa.

Por: Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário