Uruguai já importa carne e agora quer gado vivo para abate e recria, mas 'estranhamente' BR demora a liberar

Publicado em 10/06/2019 10:57 e atualizado em 10/06/2019 17:21
3154 exibições
A demanda chinesa enxuga a oferta uruguaia, que exporta 70% para lá. Se há mercado querendo, que é quem decide pela quarentena, por que o Brasil ainda não atendeu o Ministério de Ganaderia do país, segundo o presidente da Farsul. Todo alinhamento favorece o RS: tipo de boi (hereford e angus) e status sanitário. Naturalmente que isso tirará o conforto dos frigoríficos do estado, principalmente na primavera quando aumenta a oferta de boi.
Gedeão Silveira Pereira - Presidente da Farsul

Podcast

Entrevista com Gedeão Silveira Pereira - Presidente da Farsul sobre a Exportação de gado vivo

Download

LOGO nalogo

Com a forte demanda da China por carnes, o Uruguai está exportando cerca de 70% da produção de carne bovina para o país asiático. Com isso, o Uruguai está precisando cada vez mais de animais e a solução está no estado do Rio Grande do Sul que pode fornecer gado vivo para o abate de recria.

Segundo o presidente da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (FARSUL), Gedeão Silveira Pereira, a exportação está enxugando a maior parte da produção do Uruguai e o país está importando carne do Brasil para atender a demanda local. “O frigorífico Silva que está exportando vários containeres por semana para o mercado uruguaio”, afirma.

No entanto, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) está demorando em autorizar a exportação para o Uruguai. “Em termo de status sanitários, nós estamos exatamente iguais e estamos aguardando que o ministério trate de liberar esse assunto para que o Brasil possa exportar gado em pé para o Uruguai”, comenta.

A liderança salienta que as federações e associações acreditam que é preciso ter a liberdade de mercado. “O agronegócio brasileiro como um todo vem crescendo e vai continuar aumentando, na qual precisamos buscar mais mercados lá fora para todos os nossos produtos e exportar gado em pé para o Uruguai é uma oportunidade”, relata.

Por: Giovanni Lorenzon e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

2 comentários

  • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

    Diz a lenda que no Brasil existe uma bancada ruralista que "defende" o produtor rural. E assim se formam os carteis, o governo proíbe o comércio e os políticos criam associações, entidades, organizações que vão "proteger" o produtor deles mesmos. Só não tem coragem de dizer isso assim dessa maneira, mas é como ocorre. Cade a ministra? Foi passear na Ásia com nosso dinheiro tendo como exemplo o mequetrefe do ex ministro Blairo Maggi, ou a mequetrefe da ex ministra Kátia Abreu que foi passear na Rússia e postou uma foto com chapeuzinho comunista e tudo? O presidente Bolsonaro não mexeu com o ministério da agricultura ainda, mas tem que dar uma olhada nisso, os produtores não podem mais ficar refém dessa corja de vagabundos mentirosos.

    11
    • AGUINALDO FRANÇATUPANCIRETÃ - RS

      Os frigoríficos, sempre eles... o consumidor reclama do preço da carne - que é realmente um absurdo - e aí falam o produtor ganha muito... ,e explicar isso parece quase impossível, na verdade não é o produtor que ganha muito, esse é o que mais trabalha e muitas vezes não conseguem nem pagar as contas. Já os frigoríficos de uns anos pra cá estão todos com a frota renovada e e as instalações tudo muito lindo e maravilhoso e pagando o pecuarista o valor que quer quando quiser é não tem o que fazer. E quando abre uma janela para poder ganhar alguma coisa fica assim tudo parado, a mesma coisa com os navios de gado vivo, não querem que ganhemos, só eles..., pois estão de donos do nosso gado, com certeza do otários para não ver que tão enchendo o bolso de alguns, vários políticos para travar tudo é não deixar a coisa andar. Estou errado?

      3
    • RODRIGO POLO PIRESBALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC

      É exatamente isso Sr. Aguinaldo, eles impedem os brasileiros de ganharem dinheiro através de leis, e através de leis garantem o deles e de suas corjas. Note que desde a época dos milicos tudo tem que vir de Brasilia, é lá que decidem tudo, e de decisão em decisão, decidiram nossa vida e nos tiraram e querem tirar tudo. Basta um pobre coitado abrir um matadouro qualquer para logo aparecerem legiões de diabos a mando de Brasilia para infernizar todos que podem.

      2
  • sandro h Uruguaiana - RS

    Volta aleksander horta, por favor.

    1