Boi Gordo: mercado de exportação em crescimento; mercado interno em dificuldades, diz Rabobank

Publicado em 24/04/2020 13:43 e atualizado em 24/04/2020 15:22 1767 exibições
Wagner Hiroshi Yanaguizawa - Analista de Proteína Animal da Rabobank
Entrevista com Wagner Hiroshi Yanaguizawa - Analista de Proteína Animal da Rabobank

Podcast

Entrevista com Wagner Hiroshi Yanaguizawa - Analista de Proteína Animal da Rabobank sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

LOGO nalogo

A demanda externa tem favorecido as indústrias frigoríficas que atuam nas exportações, mas as empresas que atendem o mercado interno estão passando por dificuldades já que o isolamento tem afetado no consumo interno e a tendência é que continue incerto nos próximos meses . 

De acordo com o Analista de Proteína Animal da Rabobank, Wagner Hiroshi Yanaguizawa, a retomada da demanda chinesa tem impulsionado os operações em indústrias que estão habilitadas a exportar. “Desde o final de março, essa demanda tem deixado o mercado otimista assim como o câmbio desfavorecido está ajudando na competitividade do nosso produto’, comenta. 

O volume exportado registrou um aumento de 2% nestes três primeiros meses do ano, frente ao observado no mesmo período do ano passado. “Quando olhamos para faturamento tivemos um incremento de quase 22% se comparado com o ano anterior”, aponta. 

No mês de março ocorreu habilitações de novos frigoríficos para exportar para o Egito. “Vários mercados internacionais importantes vem habilitando novas plantas frigoríficas  e que a abertura de novos comércios venha a servir de estímulo ao produtor aumentar a produção e atender as exigências de padrões de animais|”, relata.

O poder menor de compra do consumidor vai refletir na demanda por proteínas animais no mercado interno. “Até termos um controle total da disseminação do coronavírus no Brasil vai ter essa incerteza no mercado doméstico. Para o curto prazo, não temos expectativas de melhora para o consumo”, diz Yanaguizawa.

Por:
João Batista Olivi e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário