Consumo de carne bovina fica abaixo do esperado na capital paulista durante final de semana prolongado

Publicado em 08/09/2020 12:19 e atualizado em 08/09/2020 15:56 2374 exibições
Yago Travagini Ferreira - Analista de Mercado da Agrifatto
Arroba do boi inicia a semana firme e com encurtamento no diferencial de base de GO, MS E MG em relaçâo a SP

Podcast

Entrevista com Yago Travagini Ferreira - Analista de Mercado da Agrifatto sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

LOGO nalogo

Apesar do final de semana prolongado e do início de mês, o consumo de carne bovina ficou abaixo do esperado na capital paulista já que parte da população foi à praia. Contudo, as referências para a arroba do boi gordo seguem firmes e as programações de abate curtas.  

De acordo com o Analista de Mercado da Agrifatto Consultoria, Yago Travagini Rarreira, o baixo consumo na capital paulista trouxe uma incerteza para o mercado físico do boi gordo. “Nas próximas semanas vamos saber se a população vai aceitar o valor de R$ 16,00/kg no atacado e se o varejo vai absorver os novos patamares de preços”, afirma.

Travagini aponta que não tem espaço para o valor no atacado ficar abaixo dos R$ 15,00/kg nos próximos meses, justamente pela a baixa oferta de animais. “O estado de São Paulo passa por um momento de melhora na disponibilidade de oferta com a saída dos gados de confinamento, mas o diferencial de base segue curtos em Goiás, Mato Grosso do Sul, e Minas Gerais em relação à praça paulista”, comenta.

Do lado da demanda externa, o analista aponta que o volume embarcado em agosto bateu recorde para o mês com 163,2 mil toneladas. “Tivemos uma queda se comparado ao volume exportado no mês anterior por ter menos dias úteis. Nós observamos que a China reduziu a importação de carne bovina já que em julho importaram 87 mil toneladas e em agosto fecharam em 78 mil toneladas”, aponta.

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário