Preço da carne no atacado segue firme acima dos R$ 16/Kg em plena segunda quinzena do mês

Publicado em 17/09/2020 12:47 e atualizado em 17/09/2020 15:42 2117 exibições
Douglas Coelho - Sócio da Radar Investimentos
Oferta restrita de animais tem limitado escalas de abate que ainda estão abertas para a próxima semana

Podcast

Entrevista com Douglas Coelho - Sócio da Radar Investimentos sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

LOGO nalogo

Apesar da segunda quinzena do mês, as referências para a carne bovina no atacado em São Paulo estão se mantendo ao redor de R$ 16,00/kg. Dois fatores têm contribuído para a manutenção dos valores da carne que é auxílio emergencial e a oferta restrita de animais.

Segundo o Sócio da Radar Investimentos, Douglas Coelho, houve uma melhora das vendas de carne no varejo e os estoques estão enxutos novamente. “Percebemos uma fluidez das vendas a partir desta quarta-feira (16), porém os valores ficaram estáveis no atacado”, relata.

As programações de abate seguem curtas na maioria das praças pecuárias e não apresentam evolução.  “Atualmente, as escalas estão ao redor de 3.3 e 3.4 dias úteis e as indústrias precisam completar os abates até o dia 23 a 25 de setembro. Se o ritmo de negócios continuarem relativamente calmo, os frigoríficos vão entrar na próxima semana precisando completar os dias”, comenta.

No último fechamento, o indicador boi gordo Esalq/B3 foi precificado a R$ 250,90/@ e a expectativa do mercado é que os preços aumente aos poucos. “Para os próximos meses, a expectativa é que as valorizações para a arroba não tenha tantas intensidades como vimos nas últimas semanas”, afirma.

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário