Preço da carne sobe no mercado internacional,mas renda dos frigoríficos segue apertada. Está mais difícil repassar para @ do boi

Publicado em 26/10/2020 12:52 e atualizado em 26/10/2020 17:02 3277 exibições
João Otávio Figueiredo - Analista Sênior DATAGRO
Carne brasileira já está mais cara que a argentina e se aproxima da americana

Podcast

Entrevista com João Otávio Figueiredo - Analista Sênior DATAGRO sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

LOGO nalogo

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o Analista Sênior DATAGRO, João Otávio Figueiredo, informou que os preços para a arroba estão próximos de um teto de cotação e que devem permanecer no atual patamar de R$ 270,00/@ no estado de São Paulo. “Com a oferta restrita de animais, as referências devem seguir em alta para novembro e dezembro. Agora precisamos ficar atento ao comportamento da demanda interna e externa”, afirma.

Os preços da carne brasileira no mercado internacional estavam próximos de US$ 36 por tonelada, mas agora estão cotados a US$ 46 por tonelada. “Os chineses são muito pragmáticos, pois a carne nos Estados Unidos está em torno de US$ 52/ton e a Argentina está cotada a US$ 41 por tonelada. Os compradores chineses passaram a fazer uma cesta de valores entre a Argentina e o Brasil para conseguir ter um preço mais considerável”, comenta.

Com relação ao volume exportado em Outubro deste ano, o consultor destaca que pode ultrapassar o total embarcado no mesmo período do ano anterior, que foi de 170,55 mil toneladas. “Na primeira quinzena já embarcamos 90 mil toneladas e se manter esse ritmo podemos alcançar a 180 mil toneladas”, ressalta.

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário