Datagro relaciona fatores que podem motivar um movimento de alta para os preços da arroba do boi

Publicado em 26/11/2020 12:56 e atualizado em 26/11/2020 16:22 2738 exibições
João Otávio Figueiredo - Analista Sênior DATAGRO
Oferta restrita de animais e aumento da demanda interna estão no radar

Podcast

Entrevista com João Otávio Figueiredo - Analista Sênior DATAGRO sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

LOGO nalogo

Apesar do recuo nas cotações da arroba nas últimas semanas, o cenário para o mercado boi ainda é construtivista já que a baixa disponibilidade de animais segue sustentando os preços. A expectativa é que com o pagamento do 13º salário e as festas de final de ano contribua para o escoamento da carne no mercado interno.

De acordo com o Analista Sênior DATAGRO, João Otávio Figueiredo, os preços da arroba registraram um recuo de 4% neste mês. “Essa baixa nas cotações foi motivada por grandes players do mercado terem se retirado das compras nas duas últimas semanas já que alguns negócios para boi chegaram a R$ 300,00/@. E isso iria comprometer as margens das indústrias”, afirma.

O analista ainda relata que os embarques de carne bovina in natura em dezembro deve registrar uma desaceleração, mas que é um movimento natural. No entanto, as exportações devem seguir aquecidas ao longo do próximo ano com as compras chinesas. “Além disso, tem muitos países demandando da carne brasileira como o Egito e a Tailândia”, destaca.

Com relação a competitividade da carne brasileira no mercado externo segue atrativa com a arroba cotada a US$ 51,00/@, enquanto a carne Americana está precificada a US$ 53,00/@. No pico da quarentena, a arroba brasileira chegou a US$ 46,00/@ e os americanos estavam com a arroba cotada a US$ 54,00/@.

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário