Boi: oferta de animais aumenta, demanda de frigoríficos reduz com unidades fechadas e @ despenca em busca de novo piso

Publicado em 03/12/2020 14:45 e atualizado em 03/12/2020 15:29 3496 exibições
Gustavo Figueiredo - Analista da AgroAgility
Queda da @ é mais intensa que a da carne e margens dos frigoríficos começam a melhorar

Podcast

Entrevista com Gustavo Figueiredo - Analista da AgroAgility sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

LOGO nalogo

A oferta de animais estava entrando no mercado a conta gotas, mas com o recuo nas cotações os pecuaristas começaram a negociar volumes maiores para manter o padrão de preço de R$ 280,00/@ a R$ 290,00/@. “No primeiro momento os frigoríficos conseguiram fazer uma escala confortável para pressionar ainda mais o valor da arroba nos próximos dias”, conforme apontou o Analista da AgroAgility, Gustavo Figueiredo.

Alguns produtores estão tentando manter as ofertas de preços em torno de R$ 275,00/@ no estado de São Paulo, mas em algumas unidades só estão sendo fechados valores ao redor de R$ 270,00/@. “O que gerou uma pressão maior em São Paulo foi o fato de ter ocorrido negociações em volumes grandes no estado do Mato Grosso do Sul ao redor de R$ 260,00/@, mas tem negócios ocorrendo a R$ 255,00/@”, afirma.

Como as margens para as indústrias que atuam no mercado interno estavam bastante estreitas no início de novembro, o que compensava era as exportações devido ao dólar elevado. Os frigoríficos no Mato Grosso do Sul adotaram uma estratégia de paralisar as operações para o mercado doméstico e direcionaram as operações para as plantas que são habilitadas a exportar.

 “Com essa estratégia as indústrias conseguiram alongar as programações de abate e conseguiram pressionar os valores da arroba. Os pecuaristas que se informaram e perceberam que os preços atingiram o teto aproveitaram o momento e desovaram tudo que tinham pronto no confinamento”, destacou.  

Já o valor do boi casado no atacado atingiu o maior patamar com R$ 19,19/kg, mas hoje o Cepea divulgou que houve uma queda e está cotada em R$ 18,45/kg. “Em conversas com pessoas que atuam no mercado, eu tenho informações que tem negociações para o boi casado abaixo dessa referência do Cepea. Fazendo a nossa conta de padeiro, se  fizer uma conta com a carne cotada a R$ 17,50/kg e multiplicar por 15 vamos ter um preço de R$ 262,50/@”, informou.

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário