Frigoríficos de mercado interno em GO, MS , MT e RO anunciam paralisação das atividades, mas movimento ainda não afeta @ do boi

Publicado em 08/03/2021 12:21 e atualizado em 08/03/2021 15:14 6352 exibições
Fernando Henrique Iglesias - Analista da Safras & Mercado
Preços da arroba seguem firmes e boi China se consolida em R$310/@ em SP

Podcast

Entrevista com Fernando Henrique Iglesias - Analista da Safras & Mercado sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

LOGO nalogo

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o analista de Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, destacou que as indústrias frigoríficas iniciaram a semana com paralisação das atividades. “Nós estamos em um período de oferta restrita de animais e frigoríficos dos estados de Goiás, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul anunciaram férias coletivas”, comenta. 

Esse cenário não chegou a afetar os preços da arroba do boi gordo com padrão exportação, que seguem sustentados ao redor de R$ 310,00/@ em São Paulo.  “A cotação do dólar motivou as indústrias, que atuam na exportação, a ofertar preços melhores para o animal terminado no mercado paulista. A alta do boi china elevou os preços pagos para os animais de outras categorias devido a escassez de oferta”, aponta. 

O analista ainda ressalta que a demanda doméstica não deve melhorar no curto prazo. “A necessidade de lockdown em diversos estados mantém o consumo de proteína animal arrefecida e o varejo passa a depender mais das vendas de carne dos  supermercados”, informa. 

As referências para o boi casado no atacado estão ao redor de R$ 17,80/kg em São Paulo. “Registramos uma ligeira reação da semana passada para a que estamos em função dos pagamentos dos salários, mas esse movimento de virada de mês foi discreto e não tivemos uma alta significativa”, reforça.

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário