Bom desempenho da carne no final de semana consolida boi de R$320/@ no mercado interno ; exportação já paga R$325/@ em SP

Publicado em 12/04/2021 12:16 e atualizado em 12/04/2021 18:02 2398 exibições
Fernando Henrique Iglesias - Analista da Safras & Mercado
Oferta de animais começa a aparecer em MS e MT mas ainda em volume insuficiente para derrubar preços da arroba

Podcast

Entrevista com Fernando Henrique Iglesias - Analista da Safras & Mercado sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

O escoamento da produção de carne bovina registrou um bom desempenho no último final de semana no estado de São Paulo. Diante desse cenário, os preços ofertados para a arroba do animal comum se consolidou no patamar de R$ 320,00/@ e para os gado com padrão exportação os preços estão ao redor de R$ 325,00/@. 

Segundo o  analista da Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, os principais cortes do atacado registraram valorizações e o movimento mais agressivo está nos cortes dianteiros. “Isso acabou comprindo a expectativa do mercado que  retomada do auxílio emergencial iria contribuir para o consumo da proteína animal. A estimativa é que o escoamento siga com bom ritmo até o final desta semana”, aponta. 

Atualmente, as referências para o boi casado estão próximas de R$ 19,60/kg no estado de São Paulo. Na semana passada, os preços estavam em torno de R$ 19,20/kg. “Podemos observar que foi uma alta consistente nos últimos dias. Nós também precisamos considerar que as restrições em São Paulo foram reduzidas, mas restaurantes podem funcionar para a retirada”, destaca. 

Apesar da valorização dos preços da carne e da arroba, as indústrias frigoríficas seguem com dificuldade em preencher as escalas de abate. “A expectativa é que tenha preços mais elevados no decorrer desta semana com a oferta de animais cada vez mais restrita. Na semana anterior, tivemos muitas negociações com o animal com padrão exportação”, comenta o analista. 

No estado do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, as negociações estão ocorrendo acima dos R$ 310,00/@ e o volume de animais terminados já começou a entrar no mercado, mas não deve impactar os preços da arroba. “De qualquer forma esse adicional que está entrando no mercado não chega a mudar o cenário de preços já que a maioria dos frigoríficos estão pulando dias de abate e com férias coletivas. Devemos ter uma mudança somente em maio com a safra de gado entrando no mercado”, ressalta.

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário