Escalas de abate alongam em SP, MG e GO , mudam preços do boi na B3 mas tem pouca influência no físico

Publicado em 14/04/2021 14:25 e atualizado em 14/04/2021 18:57 1676 exibições
Caio Junqueira - Analista de Mercado da Cross Investimentos
Com a confirmação do alongamento nas escalas, arroba perde força de alta e os R$325/@ ficam mais distantes

Podcast

Entrevista com Caio Junqueira - Analista de Mercado da Cross Investimentos sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

LOGO nalogo

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, o analista de Mercado da Cross Investimentos, Caio Junqueira, informou que o mercado futuro registrou fortes realizações na sessão da última terça-feira (13). “Alguns contratos chegaram a registrar queda de R$ 10,00/@, mas hoje o mercado trabalha com mais tranquilidade. O principal vencimento Maio/21 que saiu dos R$ 317,00/@ e chegou a ser cotado a R$ 306,00/@ e esse movimento brusco está relacionado ao avanço das escalas de abate”, reportou. 

O aplicativo da AgroBrazil informou que as indústrias frigoríficas conseguiram preencher as escalas de abate, porém os preços do mercado físico seguem firmes. “O mercado futuro costuma antecipar o movimento do mercado físico e qualquer disponibilidade de gado pode ter um avanço nas escalas de abate já que a capacidade das indústrias estão reduzidas”, comentou. 

As escalas de abates apresentavam uma média de 3 dias úteis no estado de São Paulo nas semanas anteriores, agora a média está em torno de 7 dias úteis. “Eu acredito que não devemos ter novas máximas de preços como observado anteriormente, já que a necessidade das indústrias não é tão urgente”, apontou. 

No estado de São Paulo, os preços da arroba do boi China está próximo de R$ 320,00/@ e o boi comum está ao redor de R$ 312,00/@ a R$ 315,00/@. “Nós não estamos mais trabalhando com a máximo de R$ 325,00/@ como observado nas semanas anteriores”, destacou. 

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário