Em Patrocínio (MG), chuvas amenizam preocupações dos cafeicultores, mas produção tem quebra consolidada

Publicado em 27/10/2015 09:42
Em Patrocínio (MG), chuvas amenizam preocupações dos cafeicultores, mas perdas na produção já estão consolidadas. Produção da região registra 3ª quebra consecutiva devido às irregulares climáticas. Custos de produção estão mais altos nesta safra entre 25% a 30%. Saca do grão é cotada entre R$ 470 a R$ 500, mas boa parte da produção anterior já foi negociada.

Depois de 30 dias de tempo seco, as chuvas do final de semana amenizaram as preocupações dos cafeicultores de Patrocínio (MG), porém, a quebra na safra 2016/17 já está consolidada. Ainda não é possível quantificar os prejuízos, entretanto, a ausência de precipitações e as altas temperaturas comprometeram a produção. Esse pode ser o 3º ano consecutivo de quebra na safra.

O presidente do Sindicato Rural, Osmar Pereira Junior, explica que nas lavouras desfolhadas, os chumbinhos podem cair com as chuvas dos próximos meses. “Ainda assim, esperamos que as precipitações se confirmem e que possamos cuidar com um pouco mais de otimismo dos cafezais. Já em relação à quebra deveremos ter uma perspectiva melhor mais adiante”, afirma.

Paralelamente, os preços têm permanecido estáveis na região entre R$ 470,00 a R$ 500,00 a saca. Contudo, nesse momento, são poucos os produtores que ainda têm o produto para fazer a comercialização. Frente à quebra entre 25% a 30% na produção anterior, boa parte da safra já foi negociada.

Em contrapartida, a alta do dólar elevou entre 25% até 30% os custos de produção da safra. “Não tivemos ainda uma reação considerável nos preços para poder equilibrar os nossos custos. Na nossa região, os valores praticados ainda cobrem os custos de produção, mas em localidades com muita mão-de-obra o cenário é bem ajustado aos cafeicultores”, ressalta Junior.

Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário