Grandes reservatórios se tornam garantia para irrigação no Cerrado

Publicado em 02/02/2018 16:30 e atualizado em 04/02/2018 18:51
8483 exibições
Desafio é aumentar a disponibilidade de água entre os meses de agosto e novembro, o que é essencial para a cultura do café. Irrigação pode evitar perdas ao longo da floração nos cafezais. Alguns produtores da região já utilizam os reservatórios. Alternativa tem um custo de R$ 5 por m³.

LOGO nalogo

O produtor Leocarlos Mundim, de Monte Carmelo (MG), conversou com o Notícias Agrícolas nesta sexta-feira (02) sobre a alternativa que os produtores rurais do Cerrado Mineiro estão adotando para evitar o problema da seca e impulsionar a irrigação: a construção de imensos reservatórios de água para serem utilizados nos períodos mais críticos.

Mundim, que utiliza a alternativa há dois anos, aponta que o desafio é aumentar a disponibilidade de água entre agosto e novembro, o que é essencial para a cultura que ele produz, o café: nesta época, deve-se tomar cuidado para não ter perdas grandes durante a florada. Chove muito pouco no Cerrado durante o período citado pelo produtor. Desta forma, ele considera que o reservatório e a irrigação são uma espécie de "seguro".

Vários produtores já fazem uso dos reservatórios. Contudo, é preciso obter também a autorização para realizar a captação de água para utilizar nesses reservatórios. Antigamente, utilizava-se barramentos, mas este formato interferia na mata ciliar. A outorga pelo uso dos reservatórios também pode ser coletiva, como a que Mundim realiza com seus familiares.

A solução tem um custo de R$ 5 por m³, resultando em um valor aproximado de 1 milhão de reaispor reservatório, considerando também a utilização de alambramento e do uso de geomembrana para impermeabilização. Para a cultura do café, Mundim acredita que o valor é viável economicamente. Cada "piscinão" toma 4 hectares de área plantada, tem profundidade de 12 metros e comporta 215 milhões de litros -- suficientes para garantir a florada nas épocas secas.

Reservatório de aguá construído por produtores

Reservatório de aguá construído por produtores

Reservatório de aguá construído por produtores

Reservatório de aguá construído por produtores

Reservatório de aguá construído por produtores

Por: João Batista Olivi e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

3 comentários

  • carlos renato de almeida dias Uberaba - MG

    Belo trabalho. Acho que deveríamos discutir melhor estas questões de armazenamento e conservação de água. A natureza nos presenteou com o maior reservatório de água que se pode imaginar que é o solo o qual não temos dado a devida importância ou desconhecemos esta realidade. Não sei por que, mas não se tem dado a devida importância para o solo como o grande reservatório de água, creio que seja por desconhecimento da sua importância e por isso não preservamos e nem investimos na conservação das suas características como um elemento armazenador de água. Cito um trabalho bastante antigo do pesquisador Odo Primavesi que compara a velocidade básica de infiltração da água num solo de floresta que chega a uma lamina de 30 mm/hora, enquanto num solo compactado esta velocidade de infiltração cai para 0,6 mm/hora. Qualquer um pode entender que se água não infiltra no solo ela vai escorrer pela superfície, causando grande acúmulo nos rios e provocando enchentes, enquanto se está água da chuva, chegar ao rio através do solo que alimenta as vertentes, a sua chegada será lenta e gradual, não provocando enchentes e não secando o rio no período de estiagem. Depois que a gente fica sabendo destes fatos, o nosso senso fica crítico e começamos a perceber quão grande resultado poderíamos trazer para a agricultura irrigada e para toda a população, se houvessem iniciativas para melhorar estes níveis de infiltração da água no solo, principalmente em área de pastagens, notadamente as degradadas, através de manejos e intervenções mecânicas.

    0
    • CARLO MELONISAO PAULO - SP

      COMENTARIO MUITO UTIL

      1
  • marcelo freitas Brasília - DF

    Parabéns à equipe do Notícias Agrícolas... Excelente matéria.

    0
  • Marcilio Fernandes Marangoni Araguaína - TO

    Esse café esta dando dinheiro heim.

    5