Café: Chuvas atrasam colheita e afetam da qualidade da safra 2018/19 em Patrocínio (MG) e ocasionam 1ª florada do ciclo 2019/20

Publicado em 17/08/2018 11:35 e atualizado em 17/08/2018 15:31
801 exibições
Em torno de 80% da safra atual já foi colhida e chuvas podem afetar a qualidade do café de varreção. Previsões climáticas indicam mais precipitações nos próximos dias na região. Preços estão bem próximos dos custos de produção, com a saca a R$ 410,00 a R$ 420,00. Florada antecipada do ciclo 2019/20 pode ser abortada na localidade.
Osmar Pereira Jr. - Presidente do Sindicato Rural de Patrocínio/MG

Podcast

Entrevista com Osmar Pereira Jr. - Presidente do Sindicato Rural de Patrocínio/MG sobre o Acompanhamento de Safra do Café

Download

LOGO nalogo

As recentes chuvas registradas na região de Patrocínio (MG) têm atrapalhado a colheita de café arábica da safra 2018/19 e prejudicado a qualidade dos grãos de varreção. Até o momento, cerca de 80% da safra foi colhida e a expectativa é que o recuo na qualidade fique próximo de 30% da produção nesta temporada.

Além desse cenário, o presidente do Sindicato Rural do município, Osmar Pereira, reforça que as chuvas também contribuíram para a ocorrência da primeira florada antecipada da safra 2019/20. "Isso já significa um prejuízo para a nova safra e, até o momento, as previsões indicam mais chuvas nos próximos dias na nossa região", pondera.

Paralelamente, os preços mais baixos também preocupam os cafeicultores nessa temporada. Atualmente, a saca é negociada entre R$ 410,00 a R$ 420,00 na localidade, valores bem próximos aos custos de produção. E, apesar do ajuste nas margens, os produtores têm negociado o produto, uma vez que precisam quitar as contas de custeio e da colheita.

"E com a quebra próxima de 25% a 30% no ano anterior, o cafeicultor está carregando uma conta da safra passada. Esse é um cenário muito ruim, as margens de lucratividade são baixas e vão deixar problemas futuros", pondera a liderança sindical.

 

Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário